quarta-feira, 16 outubro 2019
Início / Conteúdo / Um duplo desafio – Esporte

Um duplo desafio – Esporte

[ad_1]

O Atlético encara o Defensor Sporting, do Uruguai, hoje, às 21h30, no Estádio Luis Franzini, em Montevidéu, na partida de ida da terceira fase da Copa Libertadores, com um duplo desafio que será alcançado com uma vitória. Isso porque os três pontos deixarão o Galo muito próximo da fase de grupos da principal competição sul-americana de clubes e servirá para quebrar um longo jejum, pois como visitante, não vence um jogo de mata-mata pelo torneio desde as oitavas de final de 2013, quando fez 2 a 1 no São Paulo, no Morumbi, na arrancada para a conquista do título.

Naquela campanha, nas fases seguintes, o empate diante do Tijuana, do México, nas quartas, ou mesmo as derrotas, ambas por 2 a 0, para Newell’s Old Boys, da Argentina, nas semifinais, e Olimpia, do Paraguai, na decisão, não foram barreiras para a conquista da taça.

Mas a partir de 2014, o desempenho ruim fora de casa nas fases de mata-mata da Copa Libertadores vem atrapalhando a vida atleticana na competição. Nesta edição mesmo, o empate por 2 a 2 com o Danubio, na segunda fase, pode ser considerado um resultado ruim diante da disparidade técnica entre os dois times.

 

PASTOR

Entre 2014 e 2017, nas quatro edições seguintes ao título de 2013, o desempenho ruim do Atlético como visitante, em mata-matas de Copa Libertadores, tem como ponto principal o baixo aproveitamento do ataque, pois em cinco partidas apenas um gol foi marcado, por Lucas Pratto, numa derrota de 3 a 1 para o Internacional, no Beira-Rio, que decretou a eliminação alvinegra ainda nas oitavas de final.

Um ponto positivo que 2019 apresenta são os dois gols de Ricardo Oliveira diante do Danubio, na partida de ida da segunda fase, disputada no mesmo local do confronto de hoje. E o grande momento do seu camisa 9 aparece mesmo como maior aposta de Levir Culpi para o confronto desta noite.

 

“INVICTO”

Outro fator que não pode ser descartado é o péssimo desempenho do Defensor Sporting como mandante nesta briga pela fase de grupos da Copa Libertadores 2019.

O clube uruguaio participa desta etapa preliminar desde a primeira fase, quando perder por 3 a 2 para o Bolívar, da Bolívia, no Luis Franzini, mas se classificou por ter feito 4 a 2, na ida, em La Paz.

Na segunda fase, o Defensor Sporting perdeu a ida para o Barcelona de Guayaquil por 2 a 1, em Montevidéu, mas depois foi declarado vencedor por 3 a 0 pela Conmebol porque os equatorianos escalaram um jogador irregular na partida.

Na volta, a vitória por 1 a 0 do Barcelona, no Equador, foi insuficiente para ele alcançar a vaga. E fez com que o Defensor Sporting chegue à terceira fase da etapa preliminar da Libertadores com três derrotas, duas delas dentro de casa, e apenas uma vitória.

A partida de volta entre Atlético e Defensor será dia 27, às 21h30, no Independência.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://onorte.net/esporte/um-duplo-desafio-1.695187

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.