quinta-feira, 21 novembro 2019
Início / Conteúdo / Tire do papel! Especialistas ensinam a transformar metas de ano novo em realidade – Plural

Tire do papel! Especialistas ensinam a transformar metas de ano novo em realidade – Plural

[ad_1]

Poupar dinheiro, seguir firme na academia e manter a dieta, cuidar mais da saúde. Recorrentes nesta época, resoluções de fim de ano são importantes para nortear projetos, mas, muitas vezes, acabam esquecidas assim que finda janeiro. Para evitar que essas metas fiquem só no papel, um dos segredos é traçar objetivos específicos, compatíveis com a realidade, e que tenham uma data-alvo. Importante também é usar ferramentas para gerenciá-los. 

Master coach em Belo Horizonte, Carolina Jannotti explica que um dos principais erros de quem faz promessas, mas não as realiza, é não ter propósitos claros nem datas precisas para concluí-las. “Metas precisam ser específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e temporais”, afirma.

Palestrante oficial do livro O Poder da Ação – escrito pelo master coach Paulo Vieira e um dos best sellers no Brasil em 2017 –, ela lembra que não adianta montar planos e ficar de braços cruzados. “A única maneira de transformar metas em realidade é por meio da ação. Não espere sentir-se 100% pronto. Saber o que fazer não adianta nada se você não fizer”.

Para auxiliar quem está determinado a realizar os objetivos que traçou, ela desenvolveu um planner – uma espécie de “super agenda” que serve para turbinar a produtividade dos usuários. A ferramenta – que, em breve, terá versão virtual – permite registrar tudo o que é elaborado na mente, otimizando memória e foco. “Libertando a mente, ela deixará de ser armazenadora para se tornar executora”, acrescenta.

Promessa

Coach e neurolinguista, Luciana Junqueira criou uma estratégia inusitada para explicar aos clientes a importância de planejar bem as metas para conseguir realizá-las. Utilizando as letras da palavra “promessa”, ela ensina um passo a passo para, de fato, executar tudo o que se almeja num ciclo novo.

“É preciso ter prioridades, objetivos, atuar com melhorias constantes, ser seletivo e ter atenção às decisões por impulso”, detalha.

8% é o percentual de quem consegue cumprir as promessas de ano novo, segundo pesquisa de uma revista de psicologia norte-americana divulgada recentemente

Segundo a profissional, o ponto de partida deve ser a definição do que é prioridade, seja em função do momento vivido pela pessoa ou do que ela de fato almeja realizar naquela fase da vida. “Muita gente justifica com falta de dinheiro o que, na verdade, é falta de prioridade”, argumenta.

A coach também lembra a necessidade de se ter objetivos compatíveis com as prioridades, e que sejam, acima de tudo, bem selecionados e melhorados dia após dia. “Normalmente, tomamos um monte de decisões entre janeiro e fevereiro, mas, em abril, já começamos a nos criticar porque não demos conta. A culpa não é nossa. Às vezes, a estratégia é que está errada”, coloca.

Para quem se organiza melhor acompanhando as metas fisicamente, ou seja, analisando-as no papel, a especialista indica ferramentas visuais como um caderno ou cartolina, que deve ser colada em local visível. 

“Pode ser um reforço muito bom, uma visão geral do ano, de onde será o começo e de qual será o foco. Uma espécie de download para acompanhar o que foi feito até aquele momento”, diz.

Confira ferramentas físicas e virtuais que ajudam a organizar melhor o tempo e os pensamentos, facilitando o planejamento do ano novo e ajudando na resolução das metas. 

Editoria de Arte

Arte tirar promessas/resoluções de ano novo do papel

Clique para ampliar a imagem

Além disso:

Dicas do psicólogo Augusto Jimenez, da rede educacional Minds Idiomas, para realizar as metas de 2019:

  1. Papel e caneta na mão. Escrever as metas ajuda a memorizá-las tornando maiores as chances de realização. Fixe as anotações num local que seja visível diariamente. A dica vale para desejos pessoais e profissionais
  2. Olho no tempo dedicado às redes sociais. Muita gente se queixa de falta de tempo, quando o problema é, na verdade, a má gestão dele. Use aplicativos que ajudam a monitorar o tempo gasto na frente das telas
  3. Cuide do corpo e da mente. Ocupar a cabeça com coisas produtivas e exercitar o corpo ajudam a manter a motivação e o ânimo para realizar projetos. Persiga a motivação 
  4. Compartilhe metas com amigos e família. Fale sobre os planos com quem lhe quer bem; isso ajuda a conquistá-los. Dê preferência a conversas pessoalmente, que podem surtir frutos positivos conselhos motivadores 
  5. Pensou em desistir? Siga em frente! Nada mais gratificante do que ter certeza de ter perseguido e conquistado algo que era muito desejado. Se bater um desânimo, não se deixe vencer, siga tentando

20 objetivos é a média listada por quem se planeja para o ano seguinte, conforme pesquisa do app 7waves; 58% dos consultados dizem não se programar para o ano novo

Leia mais:

Metas para o Ano Novo: estabelecer propósitos é fundamental para alcançar objetivos

Vai viajar nas férias e não sabe onde deixar o pet? Preparamos um roteiro de locais em BH!

Praticidade garantida: organizar é trabalhoso, mas poupa tempo e melhora a qualidade de vida



[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/plural/tire-do-papel-especialistas-ensinam-a-transformar-metas-de-ano-novo-em-realidade-1.682399

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.