segunda-feira, 21 outubro 2019
Início / Conteúdo / Suspeito de latrocínio de PM catarinense morre em troca de tiros em Natal

Suspeito de latrocínio de PM catarinense morre em troca de tiros em Natal

[ad_1]

Um dos suspeitos de matar a policial Caroline Pletsch, 32, foi morto em troca de tiros com o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE) em Natal, na última segunda-feira, segundo informações da Polícia Civil.

A policial e o marido, o sargento Marcos Cruz, de 43 anos, foram baleados na noite da última segunda-feira (26) em uma pizzaria na zona norte de Natal. Os agentes se dirigiram ao conjunto Gramoré, no bairro Lagoa Azul, zona norte da cidade, após receberem denúncias anônimas. De acordo com os policiais, Yuri Souza, 18, estaria escondido em uma residência local. Segundo a polícia, o rapaz disparou contra os militares e acabou morrendo durante a troca de tiros.

Outros suspeitos foram presos, os irmãos Hugo Silva, de 20 anos, e Ítalo Silva, que não teve a idade divulgada. Eles responderão pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. A polícia apreendeu duas armas e munição na casa onde se encontravam.

O casal foi atingido por disparos em uma tentativa de assalto em uma pizzaria. Caroline e o marido integram a corporação da Polícia Militar de Santa Catarina e passavam férias. Os dois chegaram a ser socorridos, mas a policial não resistiu.

A Polícia Civil trata o caso como latrocínio, ou seja, roubo seguido de morte. De acordo com informações reveladas aos policiais, os disparos foram efetuados durante o assalto.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://www.otempo.com.br/capa/brasil/suspeito-de-latroc%C3%ADnio-de-pm-catarinense-morre-em-troca-de-tiros-em-natal-1.1591816

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.