quarta-feira, 13 novembro 2019
Início / Capa / Sindicato confirma demissão em massa de funcionários da Iveco Sete Lagoas

Sindicato confirma demissão em massa de funcionários da Iveco Sete Lagoas

Entidade sindical informa, ainda, que ex-funcionários não terão direito ao banco de horas

O Sindicato dos Metalúrgicos de Sete Lagoas e Região anunciou, oficialmente, nesta terça-feira (3), que a Iveco demitiu 35 funcionários de sua fábrica instalada na cidade, que produz caminhões leves, semi-leves, furgões e até blindados para as Forças Armadas. Inaugurada em novembro de 2000, a Iveco estaria trabalhando com 1.400 pessoas em sua planta.

“A Iveco infelizmente está desligando mais 35 trabalhadores, é  a crise que não passa para este segmento de veículos comerciais”, lamentou Ernane Geraldo Dias, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos. De acordo com o sindicalista, o máximo de direitos que foi possível conseguir é a manutenção de “convênio médico e entrega de cesta básica aos demitidos pelo período de três meses.”

Por outro lado, Ernane Dias lamenta a decisão do Tribunal Regional do Trabalho. “ O  TRT não aceitou mais o nosso pedido de dissídio de Natureza Jurídica, ou seja, um acordo tentando fazer com que a empresa buscasse alternativas de aderir ao Lay Off ou mais Banco de Horas, lembrando que a maioria destes trabalhadores tem em torno de 500 a 700 horas negativas de banco de horas , lembrando também que mediante acordo coletivo essas horas serão absorvidas pela empresa”, conclui.

Veja também...

Clima de deserto; calor em Minas Gerais bate recorde

O tempo seco bate recorde em Belo Horizonte, o clima de deserto domina regiões do estado e o fantasma …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.