terça-feira, 18 junho 2019
Início / Capa / Sete Lagoas tem aumento de 60% nos crimes de homicídio entre 2016 a 2017

Sete Lagoas tem aumento de 60% nos crimes de homicídio entre 2016 a 2017

Com apenas 15 cidades, a região de Sete Lagoas teve aumento de 60% nos homicídios consumados em 2017, com 17 assassinatos a mais do que o ano de 2016, totalizando 75 homicídios nos últimos dois anos.

O aumento de crimes violentos na região de Sete Lagoas entre o ano de 2016 e de 2017 superou 60% de homicídios consumados.De acordo com os dados oficiais do Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Defesa Social – SEDS, dados compilados apontam uma explosão de crimes contra a vida, comparando janeiro à novembro de 2016 e janeiro à novembro do ano de 2017, nos 15 municípios da região de Sete Lagoas que compõe a 19ª RISP – Região Integrada de Segurança Pública.

Os dados publicados pelo site da SEDS, tiveram a sua última atualização no início de dezembro, por isso não foi computados os homicídios deste mês. Os levantamentos dos dados são oficiais do governo de Minas, onde são divulgados a relação de todas as 19 Risp’s que compõe as regiões das áreas integradas de segurança pública de Minas Gerais. Os dados incluem os registros feitos pela Polícia Militar e Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar.

Um fato que chama a atenção, é que a 19ª RISP atende o menor número de municípios entre todas as Risp’s de Minas Gerais, com apenas 16 cidades segundo dados fornecidos pela REDS/SEDS. Todas as outras instituições que abrigam Risp contam com maior número de municípios, por exemplo a cidade de Divinópolis onde a 7ª Risp é responsável por 50 cidades da região, e tem praticamente o mesmo número de habitantes do que Sete Lagoas, 232 mil habitantes. A 13ª Risp de Barbacena conta com 61 municípios, já Governador Valadares, no leste mineiro, a 8ª Risp é responsável por 58 municípios da região.

A cidade que contempla o maior número de municípios é Ipatinga com 260 mil habitantes, no Vale do Aço, onde a 12ª Risp é responsável por 97 municípios da região.

A região da 19ª RISP é composta por apenas 16 cidades. Sete Lagoas e mais 15 municípios: Araçaí, Baldim, Caetanópolis, Cachoeira da Prata, Capim Branco, Cordisburgo, Fortuna de Minas, Funilândia, Inhaúma, Jequitibá, Matozinhos, Paraopeba,Pedro Leopoldo, Prudente de Morais e Santana de Pirapama.

O município de Pedro Leopoldo registrou 10 homicídios em 2016 e 14 em 2017 no período de janeiro à novembro.

Os únicos municípios que não apresentaram registro de homicídios no período de jan/jul de 2017 foram: Araçaí, Baldim, Cordisburgo, Inhaúma, Jequitibá e Santana de Pirapama. Já as cidades com maior índice de crime violento foram: Prudente de Morais com aumento de 400%, 1 em 2016 para 5 em 2017; Paraopeba de 3 homicídios em 2016 para 5 em 2017; Matozinhos de 10 homicídios em 2016 para 12 em 2017; Pedro Leopoldo de 10 homicídios em 2016 para 14 em 2017 entre janeiro à novembro.

Caetanópolis e Funilândia com 1 em 2016 e 3 em 2017,  em jan/nov de 2017, e Capim Branco 1 em 2016 e 2 em 2017 e Fortuna de Minas registrou um 1 homicídio no mesmo período.

Os dados podem ser acessados no site da SEDS: www.numeros.mg.gov.br

REGISTRO DE HOMICÍDIO CONSUMADO ( REGIÃO DE SETE LAGOAS) 19ª RISP.

2016 FORAM 29 HOMICÍDIOS

2017 FORAM 46 HOMICÍDIOS

(Aumento de 60% entre 2016/2017 entre janeiro à novembro)

____________________________________________________________

TAXA DE HOMICÍDIOS POR CADA 100 MIL HABITANTES NA REGIÃO.

2016 FOI DE 9,73

2017 FOI DE 16,5

__________________________________________________________

DESDE 2012, OU SEJA HÀ 6 ANOS, A VIOLÊNCIA CONTRA A VIDA DISPAROU NA REGIÃO DE SETE LAGOAS COM AUMENTO SÓ DO ANO PASSADO PARA 2017, DE 60% NOS HOMICÍDIOS.

2012 FORAM 35 HOMICÍDIOS.

2013 FORAM 41 HOMICÍDIOS

2014 FORAM 47 HOMICÍDIOS

2015 FORAM 46 HOMICÍDIOS

2016 FORAM 29 HOMICÍDIOS

2017 FORAM 46 HOMICÍDIOS

Veja também...

Cuidadora é presa por estuprar paciente com paralisia; vítima denunciou com ajuda dos olhos

Cuidadora é presa por estuprar paciente com paralisia; vítima denunciou com ajuda dos olhos Mulher …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.