segunda-feira, 14 outubro 2019
Início / Conteúdo / Ranking e orçamentos reforçam favoritismo do Atlético diante do Ferroviário na Copa do Brasil

Ranking e orçamentos reforçam favoritismo do Atlético diante do Ferroviário na Copa do Brasil

[ad_1]

O Atlético precisa esquecer momentaneamente a decisão do Campeonato Mineiro contra o Cruzeiro para fazer valer o seu claro favoritismo. Pela Copa do Brasil, o Galo recebe nesta quarta-feira (4) o Ferroviário-CE, adversário teoricamente menos complicado dentre todos os dez classificados para esta etapa da competição. O confronto de ida pela quarta fase será disputado às 19h30, no Estádio Independência.

Para se ter uma ideia, o Ferrão sequer aparece no Ranking de Clubes da CBF, atualizado pela última vez em dezembro de 2017, com base nos desempenhos em competições nacionais. O Alvinegro, por sua vez, ocupa o quinto lugar na lista. 

Na listagem com ao todo 220 equipes, existem nove cearenses à frente do Ferroviário: Horizonte, Barbalha, Tiradentes, Uniclinic, Guarany de Sobral, Guarani de Juazeiro, Icasa, Fortaleza e Ceará, ordenados do pior para o melhor.

Sensação

O Ferroviário se classificou para a Série D de 2018 e fatalmente marcará presença na próxima publicação do ranking. Por enquanto, segue atrás, inclusive, dos outros times superados pelo Atlético até este momento na Copa do Brasil. O Figueirense (Série B) é o 19º colocado, o Botafogo-PB (Série C) aparece na 45ª posição, e o Atlético-AC (Série C) figura no 81º lugar.

A missão do Galo é confirmar a superioridade diante da surpresa do torneio. Já os cearenses vêm com o peito estufado a Belo Horizonte para tentar desbancar o favoritismo mineiro.

Mesmo eliminado na Copa Nordeste (lanterna do grupo) e no Campeonato Cearense (último lugar no hexagonal da penúltima fase), o Tricolor despachou o Sport de maneira heroica no mata-mata nacional – depois de estar perdendo por 3 a 0 na Ilha do Retiro, conseguiu arrancar o empate e avançou na disputa de pênaltis. Depois, na terceira fase, eliminou o tradicional Vila Nova-GO.

Grana em jogo

Com folha salarial mensal na casa dos R$ 200 mil – equivalente ao salário de qualquer titular do Galo –, o Ferrão é apenas um dos dez clubes fora do Ranking da CBF que ingressaram na disputa desta Copa do Brasil. E já alcançou um feito histórico, com R$ 4,3 milhões em bônus acumulados até aqui.

O Atlético, por sua vez, já garantiu R$ 5,4 milhões em premiações, por estar no grupo dos mais bem ranqueados. Quem passar para a próxima fase receberá um acréscimo de R$ 2,4 milhões.

O jogo da volta entre as duas equipes está marcado para o dia 18 de abril, às 21h45, no Castelão, em Fortaleza (CE). Nas oitavas de final, os vencedores desta etapa se juntarão aos clubes brasileiros da Libertadores 2018, além de Bahia, Luverdense e América (campeões das Copa do Nordeste e Verde e da Série B em 2017, respectivamente).

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/esportes/ranking-e-or%C3%A7amentos-refor%C3%A7am-favoritismo-do-atl%C3%A9tico-diante-do-ferrovi%C3%A1rio-na-copa-do-brasil-1.610771

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.