sexta-feira, 15 novembro 2019
Início / Conteúdo / Quatro suspeitos de explodir caixas eletrônicos são presos no Sul de Minas – Cidades

Quatro suspeitos de explodir caixas eletrônicos são presos no Sul de Minas – Cidades

[ad_1]

Duas ocorrências de explosão de caixas eletrônicos mobilizaram as tropas da Polícia Militar em duas cidades de Minas Gerais, na madrugada desta terça-feira (18). Em Ilicínea, no Sul do Estado, homens fortemente armados e divididos em três veículos aterrorizaram o município durante a ação. Eles explodiram um caixa eletrônico do Banco Itaú e incendiaram um carro em frente à agência. Vários tiros foram ouvidos por moradores.

Segundo o capitão Jean Carlos da Polícia Militar, assim que a PM foi acionada, as buscas começaram imediatamente. Foi necessário o apoio de todas as tropas da região, do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e de um helicóptero da corporação. 

Durante o sobrevoo operacional, parte da quadrilha foi localizada, perto do Distrito de Itaci, já no município de Carmo do Rio Claro. Quatro homens foram presos e com eles foram apreendidos três coletes  balísticos, duas pistolas e dois fuzis. Outros envolvidos ainda são procurados pelos militares.

Outro ataque

Em Sardoá, no Leste do Estado, a suspeita é de que dez homens divididos em dois veículos participaram do ataque a uma agência bancária. A Polícia Muilitar de Sardoá porém não deu detalhes da ação. Informou apenas que também foram mobilizadas todas as tropas da região, além do empenho do Bope e do helicóptero da PM de Governador Valadares. 

Não há informações sobre presos.

 

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/cidades/quatro-suspeitos-de-explodir-caixas-eletr%C3%B4nicos-s%C3%A3o-presos-no-sul-de-minas-1.680139

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.