sexta-feira, 22 novembro 2019
Início / Conteúdo / Pra curar a ressaca: 30% dos restaurantes de BH vão abrir para o almoço no dia 1º – Primeiro Plano

Pra curar a ressaca: 30% dos restaurantes de BH vão abrir para o almoço no dia 1º – Primeiro Plano

[ad_1]

Primeiro de janeiro é um dos únicos feriados em que os supermercados e a grande maioria dos restaurantes de Belo Horizonte fecham as portas. Quem não quer aproveitar os restos da ceia da virada ou deseja rebater a ressaca sem bagunçar a cozinha acaba ficando na mão. Alguns estabelecimentos, entretanto, oferecem a opção de almoço e até jantar no dia que abre o ano. O ganho, além de econômico, é agradar e conquistar potenciais clientes.

De acordo com Ricardo Rodrigues, presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes de Minas Gerais (Abrasel-MG), cerca de 30% dos 22,5 mil bares e restaurantes da capital devem encarar o trabalho na pós-virada. A expectativa é a de que o esforço se transforme em aumento de até 50% no faturamento em relação a uma terça-feira qualquer. 

“Como muitas casas não abrem, as que optam pelo funcionamento acabam tendo um fluxo bem melhor”, afirma. Para ele, a logística é o principal empecilho para o funcionamento na data, já que muitos estabelecimentos realizam festas de Réveillon e precisam tirar o dia seguinte para limpeza e organização. 

“É difícil arcar com equipes reforçadas nos dois dias, porque muitos colaboradores faltam e, como é feriado, o pagamento é feito em dobro”, explica, destacando que casas de self-service, normalmente localizadas em regiões comerciais, têm pouca procura no dia 1º. “As pessoas preferem comer perto de casa”, diz. 

Cardápio 

Os estabelecimentos que vão abrir devem manter os preços do cardápio convencional, sem aumentos nem promoções. Nas duas unidades do Maria das Tranças, o tradicional frango a molho pardo deve ser o prato mais pedido. Por R$ 110, serve até quatro pessoas. 

Já no Paris 6, que espera até 200 pessoas no primeiro dia do ano, os pratos mais procurados no pós-Réveillon são risoto de brie com medalhão de carne ao molho roti (R$ 82) e grand gâteau de chocolate com calda de nutella, morangos picados, avelã granulado e picolé de chocolate belga. “As pessoas vêm principalmente em busca de doces, para curar a ressaca”, afirma Marcela Basques Schettino, sócia-proprietária da casa. 

Para os que optarem por uma refeição mais light, algumas unidades do Horta 31 também abrirão as portas e servirão os disputados bufês de salada. No BH Shopping, o quilo sai a R$ 49,90. Já nas outras seis unidades (Centro, Lourdes, Prudente, Barro Preto, Savassi e Funcionários), o preço é R$ 42,90.

Descanso

Para compensar o trabalho dos funcionários no dia 1º, o Xapuri distribui dias de folgas para a equipe durante todo o mês de dezembro e não faz festa de virada. “Vale mais a pena fechar no dia 31, porque não podemos trabalhar com fogos de artifícios, por causa dos animais”, diz Vinícius Ribeiro, promotor de eventos do restaurante, que espera até 500 clientes no primeiro dia do ano. 

Já o Redentor da Savassi, que está entre os que optam pela interrupção das atividades, aproveita a queda de movimento do dia 1º para agradar os funcionários. “É um descanso merecido depois da correria de dezembro”, diz Marcos Melo, gerente da casa. 

 

Onde almoçar no dia 1º

– Ah! Bon

18h às 0h | Rua Fernandes Tourinho, 801, Lourdes

– Alguidares 

12h às 18h | Rua Pium-Í, 1037, no Sion

– Baby Beef 

12h às 16h | Avenida Cristiano Machado, 4000, União

– Eddie Fine Burgers 

8h às 0h | Rua da Bahia, 2652, Lourdes

– Espeto do Manoel 

1h às 0h | Avenida Guarapari, 844, no Santa Amélia

1h às 0h | Avenida Presidente Tancredo Neves, 4273, Paquetá

– Horta 31 

11h às 16h | Rua Espírito Santo, 841, no Centro

11h às 16h | Rua Antônio de Albuquerque, 684, no Funcionários

– Maria das Tranças 

11h às 17h | Rua Professor Moraes, 158, no Savassi

11h às 17h | R. Estoril, 938, São Francisco

– Paris 6 

11h às 0h | Avenida do Contorno, 6061, Loja 228, Savassi

– Speciali Pizza Bar 

18h às 0h | Rua Fernandes Tourinho, 805, Lourdes

– Xapuri 

12h às 18h | R. Mandacarú, 260, no Trevo

– Xico da Carne 

12h às 0h | Rua Contagem, 1966, no Santa Inês

12h às 23h | Rua Dr. Júlio Otaviano Ferreira, 772,  Cidade Nova

 

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/primeiro-plano/pra-curar-a-ressaca-30-dos-restaurantes-de-bh-v%C3%A3o-abrir-para-o-almo%C3%A7o-no-dia-1%C2%BA-1.682521

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.