quinta-feira, 14 novembro 2019
Início / Conteúdo / Polícia Militar faz ronda para evitar saques em casas abandonadas por moradores de Macacos – Horizontes

Polícia Militar faz ronda para evitar saques em casas abandonadas por moradores de Macacos – Horizontes

[ad_1]

Sem registros de saques a residências até o início da tarde deste domingo (17), a Polícia Militar informou que agentes têm atuado para proteger casas que foram abandonadas pelos moradores em Macacos, distrito de Nova Lima, na Grande BH. 

“Vamos fazer o que fazemos em Brumadinho. A comunidade pode ficar tranquila e com a certeza de que suas casas e seus patrimônios estarão salvos”, afirmou o coronel Antônio Balsa. 

Os policiais fazem, também, um cerco em cinco pontos que dão acesso às áreas consideradas de risco. Entre os locais escolhidos pela corporação estão uma via que liga o distrito à MG-150 e ao Condomínio Arvoredo. “São locais em que é possível estacionar uma viatura e prestar atendimento à comunidade”, disse. A única forma de entrar no povoado é pelo Condomínio Pasárgada.

População

Conforme a Defesa Civil Estadual informou, 110 pessoas foram removidas de suas casas, localizadas em áreas de risco. Destas, 42 estão hospedadas em hotéis de Belo Horizonte. Elas tiveram que ser deslocadas de suas residências depois que o nível de segurança da barragem B3/B4, da Mina Mar Azul, subiu para 2. A classificação coloca em risco cerca de 49 empreendimentos.

A informação inicial era de que 200 pessoas seriam afetadas com as medidas de segurança. No entanto, de acordo com o capitão Herbert Aquino, esse número pode ser flutuante. “Por isso, pedimos que quem deixou sua casa e ainda não fez o cadastro no centro comunitário, que compareça para que os dados sejam apurados”, disse o representante da Defesa Civil do estado.

Ele explicou que o órgão recebeu a informação da mudança do nível da barragem, tendo atuado de pronto, mas que a empresa e os órgãos regularizadores dariam informações sobre níveis de elevação da estrutura. “Já adianto aqui que a Agência Nacional de Mineração (ANM) esteve na barragem com o pessoal de Núcleo de Emergência Ambiental, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Semad) fazendo uma vistoria”, falou. De acordo com o capitão, a Vale informou que a barragem está inativa desde 2004.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/pol%C3%ADcia-militar-faz-ronda-para-evitar-saques-em-casas-abandonadas-por-moradores-de-macacos-1.694631

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.