sexta-feira, 22 novembro 2019
Início / Capa / Polícia faz operação contra tráfico de drogas e venda de armas

Polícia faz operação contra tráfico de drogas e venda de armas

Polícia faz operação contra tráfico de drogas e venda de armas

A Polícia Civil faz na manhã desta quarta-feira (18) uma operação contra o tráfico de drogas e a venda de armas e munição na Vila Jardim Alvorada, na Pampulha, em Belo Horizonte. Por volta de 8h20, o suspeito de chefiar a quadrilha responsável pelo tráfico na região, Walter Mateus dos Santos, e mais seis pessoas haviam sido presos.

No horário, policiais tentavam cumprir mais dois mandados de prisão, além e 20 mandados de busca e apreensão. Duas pessoas estavam foragidas. Cerca de 120 policiais, um helicóptero e mais de 30 viaturas estavam envolvidos na ação, além de cães farejadores.

De acordo com a Polícia Civil, entre as prisões, há um detido em flagrante com uma grande quantidade de drogas e uma arma de fogo falsa. A corporação informou que havia um mandado de busca e apreensão contra o homem e, quando os policiais chegaram na casa dele, encontraram a droga.

A operação foi nomeada “Dos Santos” por causa do sobrenome de três suspeitos de integrar a quadrilha que seriam da mesma família. As investigações começaram em fevereiro deste ano, depois de uma denúncia anônima.

“Esse nome da operação, Dos Santos, foi dado em virtude do fato de três dos principais alvos da operação, a investigação começou em torno do Walter Mateus dos Santos e do Miguel dos Santos, culminou também na prisão da Maira do Santos, e foi dado esse nome em virtude dessa expressão dar sobrenome a três deles”, afirmou o delegado responsável pela operação, Daniel Araújo.

Ainda de acordo com o delegado, cada suspeito tinha um papel específico na quadrilha. Ele falou que a investigação começou com a informação de que os suspeito faziam a venda de drogas por meio de pedidos por aplicativos.

“O início da investigação começou com essa informação do televendas [de drogas], televendas em aplicativos de trocas de mensagens, que pedia a droga para ser entregue em motocicletas”, disse Daniel Araújo.

A polícia prendeu ainda um homem suspeito de ser o principal fornecedor de drogas da quadrilha. Talisson Chaves foi detido em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Ele também estaria envolvido com roubo e receptação de cargas de pneus, segundo a corporação.

O delegado informou que foram cumpridos dois mandados de prisão contra Talisson Chaves. “Ele tem uma autoria determinada em um fato específico, que foi um roubo de pneus, cometido em Contagem. E contra ele há dois mandados de prisão, um em virtude da investigação que está sendo deflagrada hoje e um outro em virtude desse específico fato do roubo da carga de pneus”, afirmou.

O G1 não conseguiu contato com nenhum representante dos suspeitos presos.

Por Bom Dia Minas, Belo Horizonte.

Veja também...

Clima de deserto; calor em Minas Gerais bate recorde

O tempo seco bate recorde em Belo Horizonte, o clima de deserto domina regiões do estado e o fantasma …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.