quinta-feira, 21 novembro 2019
Início / Conteúdo / Passagem dos coletivos em BH deveria custar R$ 6,35, diz auditoria – Primeiro Plano

Passagem dos coletivos em BH deveria custar R$ 6,35, diz auditoria – Primeiro Plano

[ad_1]

O preço da passagem dos ônibus de Belo Horizonte deveria ser de R$ 6,35. O valor foi revelado nesta sexta-feira (21) durante apresentação dos dados da auditoria da BHTrans, realizada durante os últimos oito meses no município. 

O prefeito Alexandre Kalil afirmou, no entanto, que a taxa é “impraticável” e disse que tentará chegar a um valor mais baixo em tratativa com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setra BH). Kalil se reunirá com o empresariado às 14 horas para discutir o reajuste do preço da passagem. 

A auditoria, realizada pela empresa Maciel, contratada pela PBH, analisou 104 mil documentos dos quatro consórcios de ônibus que operam na capital. Para chegar ao valor final, foram considerados a receita, os custos, a área de investimentos e o lucro líquido de cada um. Os dados estarão disponíveis no site da prefeitura para consulta. 

O estudo utilizou documentos das empresas de ônibus de 2013 a 2016 – período em que a tarifa sofreu reajustes. Como nos dois anos da gestão Kalil o preço das passagens foi mantido em R$ 4,05, o prefeito alegou que a consultoria não os considerou para fazer o cálculo. 

Um segundo cálculo foi feito utilizando a metodologia da Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP). Por meio dessa fórmula, o valor mínimo da tarifa deveria ser de R$ 5 e o máximo de R$ 5,61. 

“Esse não é um preço viável. Vamos conversar sobre isso com o Setra. Não há o menor cabimento em o tarifarmos o preço da ANTP é muito menos o da consultoria”, garantiu Kalil, que se disse “assustado” com o resultado da abertura da caixa preta da BHTrans.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/primeiro-plano/passagem-dos-coletivos-em-bh-deveria-custar-r-6-35-diz-auditoria-1.681046

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.