sábado, 19 outubro 2019
Início / Conteúdo / Palmeiras vacila no fim e empata com o Boca Juniors na arena

Palmeiras vacila no fim e empata com o Boca Juniors na arena

[ad_1]

Para o Palmeiras ainda é difícil esquecer o Corinthians. Três dias depois de perder o Campeonato Paulista, o time até tentou no Allianz Parque, na noite desta quarta-feira, mostrar contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores, uma recuperação. Faltou, no entanto, menos abatimento e mais concentração para conseguir sair do empate em 1 a 1, pela fase de grupos.

Curiosamente, o clube novamente foi vítima de alguém ligado ao Corinthians. O argentino Tévez marcou nos acréscimos o empate, pouco depois de Keno ter feito o 1 a 0. Os gols tardios foram os únicos lances de uma partida fraca.

O resultado mantém o Palmeiras como líder do Grupo H, com sete pontos. O risco agora é o de perder o posto daqui duas semanas, quando enfrenta o Boca Juniors, que tem cinco, na Argentina, e em caso de derrota, será ultrapassado na pontuação. Antes, porém, estreia no Campeonato Brasileiro na próxima segunda-feira, fora de casa.

A partida valia para o Palmeiras se recuperar da decepção pela derrota na final do Campeonato Paulista. O elenco teve dois dias de treino fechado para enfrentar o Boca Juniors e pareceu ainda sofrer com o duro resultado de domingo.

A indignação com a derrota na final do Campeonato Paulista fez a torcida protestar contra a Federação Paulista de Futebol (FPF) antes do jogo. E em campo, o time pareceu desligado do clima de Libertadores.

O Boca Juniors soube se posicionar, trocar passes e controlar a partida. O primeiro tempo terminou com um daqueles empate sem gols com poucos lances dignos de melhores momentos. A única finalização perigosa foi do Palmeiras, no último lance, em chute cruzado de Lucas Lima. De resto, uma partida apática, com muitos erros de passes e lançamentos tortos.

Somente no segundo tempo o jogo melhorou, graças à postura do Palmeiras. O time arriscou mais a gol, forçou o ritmo, mas quando a fase está ruim, é difícil salvar. Quando a torcida mais comemorava, a defesa falhou e o Boca conseguiu arrancar o empate.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 1 BOCA JUNIORS

PALMEIRAS – Jailson; Marcos Rocha, Antonio Carlos, Thiago Martins e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Guerra) e Lucas Lima (Moisés); Dudu, Keno e Borja (Willian). Técnico: Roger Machado.

BOCA JUNIORS – Rossi; Jara, Goltz (Vergini), Magallán e Fabra; Reynoso (Buffarini), Barrios e Pérez; Cardona (Tévez), Pavón e Ábila. Técnico: Guillermo Schelotto.

GOLS – Keno, aos 44, e Tévez, aos 46 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Andrés Cunha (Fifa/Uruguai).

CARTÕES AMARELOS – Felipe Melo, Magallán e Keno.

PÚBLICO – 37.192 torcedores.

RENDA – R$ 4.426.402,50.

LOCAL – Allianz Parque, em São Paulo (SP).

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/esportes/palmeiras-vacila-no-fim-e-empata-com-o-boca-juniors-na-arena-1.612991

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.