quinta-feira, 17 outubro 2019
Início / Conteúdo / O último adeus a Aretha Franklin na igreja de seu pai antes de show – Almanaque

O último adeus a Aretha Franklin na igreja de seu pai antes de show – Almanaque

[ad_1]

Aretha Franklin voltou nesta quinta-feira (30) à igreja de seu pai pela última vez, deitada resplandecente em um caixão aberto, com um vestido rosa e sapato de salto com lantejoulas, antes de um show em sua homenagem na véspera de seu funeral. 

Milhares de fãs se aproximaram nesta quinta-feira (30) da Igreja Batista New Bethel, em Detroit, para se despedir do ícone da música americana e “Rainha do soul”.

A cantora de 76 anos, amada por milhares de pessoas ao redor do mundo, morreu de câncer em 16 de agosto, encerrando uma carreira extraordinária de seis décadas que a converteu em uma das artistas mais famosas dos Estados Unidos.

Debra Demmings, de 63 anos, dirigiu a noite inteira de Minnesota para chegar à fila que se estendia fora da igreja às 07h30 locais (08h30 de Brasília), quatro horas antes do início da última oportunidade para o público de dar o último adeus a Franklin. 

A fila se estendia por mais de um quilômetro, em um ambiente festivo onde os fãs cantavam e trocavam histórias.

Nesta quinta, às 18h00 locais, haverá um show gratuito em homenagem à vida de Franklin no Chene Park Amphitheatre, um estádio em frente ao rio no centro de Detroit que tem capacidade para 5.000 pessoas e espaço para outras 1.000 no gramado.

Entre os presentes estarão Gladys Knight, The Four Tops, Dee Dee Bridgewater, Angie Stone e a ativista política Angela Davis. Louis Farrakhan, o polêmico líder da Nação do Islã, também está na lista.

Os organizadores pediram que os convidados usem branco para celebrar a vida e o legado de Franklin com os mais de 40 artistas que subirão ao palco no que foi anunciado como uma “Homenagem à rainha das pessoas”. 

Os ingressos esgotaram em poucos minutos. O repertório incluirá os sucessos como “Freeway of Love”, um hino para sua cidade natal, e uma interpretação de “Respect” como encerramento.

Essa canção é um hino feminista e se converteu em um grito de protesto à medida que os afro-americanos se levantaram em todo o país na década de 1960 para lutar pacificamente pela igualdade racial.

O ex-presidente Bill Clinton e Smokey Robinson também estão entre os que irão ao funeral que durará seis horas na próxima sexta-feira (31), onde só se poderá entrar com convite, e haverá tributos musicais de Stevie Wonder e Ariana Grande.

Franklin cantou no funeral de Martin Luther King Jr. e nas cerimônias de posse dos presidentes Clinton e Obama.  

Leia mais:

Fãs fazem longas filas para se despedir de Aretha Franklin

Aretha Franklin deixa legado que ultrapassa a música popular e a consagra como ícone feminino

Aretha Franklin morre aos 76 anos

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/almanaque/o-%C3%BAltimo-adeus-a-aretha-franklin-na-igreja-de-seu-pai-antes-de-show-1.651876

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.