sexta-feira, 15 novembro 2019
Início / Conteúdo / Nas tramas e cores do tricotin – Geral

Nas tramas e cores do tricotin – Geral

[ad_1]

Também conhecido como i-cord ou rabo de gato, o tricotin, criado no século passado por uma inglesa, vem se tornando cada dia mais popular nos quatro cantos do Brasil. E em Montes Claros não é diferente. Isso se deve à beleza e ao grande potencial decorativo dessas peças pra lá de criativas. O tricotin é feito de um tubo de tricô, onde uma estrutura de arame é posicionada dentro desse cordão, garantindo sustentação e fazendo com que você possa decorar com qualquer letra, animal ou peça.

Jonathan Rodrigues Azevedo, de 28 anos, é engenheiro civil e professor. E ainda encontra tempo para trabalhar com o tricotin. Suas peças têm chamado a atenção em Montes Claros e região. “Meu ateliê é itinerante. Um pouco em Montes Claros e um pouco em Pirapora, nossa segunda cidade. Ambos, domiciliares”, brinca.

 

Quando surgiu a ideia de criar peças minimalistas moldadas em arame galvanizado, revestidas com tricotin?

Sempre achei interessante o trabalho com arame. Fiz algumas peças apenas com arame, por hobby. Quando me casei, por exemplo, os convites dos padrinhos iam com nossas iniciais em arame. Quando minha esposa engravidou, no ano passado, vimos o trabalho de tricotin na internet e ela gostou muito e queria usar na decoração do quarto da Pérola, nossa filha. Foi então que me interessei pelo tricotin, por envolver a moldagem do arame. Vi um vídeo na internet sobre e comecei a aprender praticando. Busquei material sobre a técnica na internet, mas tinha pouco, por ser relativamente recente no Brasil. De uns meses pra cá a técnica começou a popularizar.

 

É um tipo de ponto de tricô, não é? Como são feitas?

É um tipo de ponto de tricô que pode ser feito em tear manual ou em tear a manivela. Fazemos no tear a manivela.

 

As peças são feitas à mão e personalizadas? Conte mais um pouco.

O uso mais comum ainda são as palavras e nomes, mas também já fizemos muitos desenhos. O estilo de desenho que mais orna com a técnica são os de única linha, minimalistas.

 

Viver de artesanato é…

Um privilégio! Hoje ainda não conseguimos. Trabalhamos nas horas livres e fazemos porque gostamos. É um prazer ver a nossa arte fazendo bem a outras pessoas.


Engenheiro chama atenção em Montes Claros com a confecção de peças do artesanato

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://onorte.net/geral/nas-tramas-e-cores-do-tricotin-1.680950

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.