quarta-feira, 23 outubro 2019
Início / Conteúdo / Mundo Motor: Série 1 sem tração traseira – o mundo está mais chato!

Mundo Motor: Série 1 sem tração traseira – o mundo está mais chato!

[ad_1]


Está em voga reclamar que o mundo ficou chato, que todo mundo é policiado, que o humor do Ari Toledo não seria tolerado atualmente e demais apontamentos que indicam que o que era trivial, ontem, hoje não é aceito. Mas chato mesmo é saber que o último hatch com tração traseira poderá se curvar à tração dianteira. Hoje, o BMW Série 1 é único hatchback com tração traseira, eixo cardã e motor longitudinal de seis cilindros. Essa configuração robusta que lhe garante uma esportividade ímpar em relação aos seus pares está com os dias contados. 

A publicação britânica Autocar revelou que a nova geração do hatch, que chega em 2019, será construída sobre a plataforma FAAR, uma evolução da base utilizada nos Mini, na minivan Série 2 e no SUV X1, que adotam tração dianteira e motores transversais. Além disso, a base é ajustada para acomodação de baterias no assoalho (para uma versão elétrica), o que tornaria impossível combinar com eixo cardã e o diferencial traseiro. A marca não confirma, mas se o amigo quiser um hatch que descole a traseira na curva, é bom procurar um Chevette Hatch!

Etios ganha controle de estabilidade

O Toyota Corolla levou 20 anos para contar com controle de estabilidade (ESP) como item de série, com reestilização ocorrida no ano passado. Mas com o Etios a espera será menor, o compacto feioso acaba de chegar à linha 2019 e o principal destaque é o acréscimo do sistema de segurança. O equipamento está presente em toda a gama, exceto na versão STD 1.3, destinada a frotistas. Sendo assim, para o público geral, o hatch com o ESP, parte de R$ 48.400 e a versão sedã tem preço inicial de R$ 53.240.

Novo CR-V chega no final do MÊS por R$ 180 mil

A Honda apresentará dia 29 a nova geração do utilitário-esportivo CR-V. O jipão de porte médio será oferecido apenas em uma versão, Touring, e será equipado com motor turbo 1.5 de 190 cv. Importado dos Estados Unidos, o valor jipão será de R$ 179.900. O jipão ficará R$ 32 mil mais caro que a atual geração. A culpa pelo preço salgado é o fato de o modelo vir dos EUA e não do México, como ocorria com a geração passada. Isso fez com que fosse incendido 35% de tributação para importá-lo para cá. 

C4 Lounge fica mais caro, mas não evolui

Enquanto não lança um produto realmente novo, a Citroën segue fazendo remendos em seu portfólio no Brasil. A marca acaba de lançar a linha 2019 do sedã C4 Lounge, que passou por uma plástica para atenuar o peso da idade. O sedã fabricado na Argentina ganhou novos faróis em LED, nova grade e para-choque. O C4 Lounge é oferecido com motor 1.6 turbo de 173 cv e duas versões de acabamento, com preços a partir de R$ 94 mil. Quando custava R$ 88 mil já não vendia. Imagine agora?

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/primeiro-plano/mundo-motor-s%C3%A9rie-1-sem-tra%C3%A7%C3%A3o-traseira-o-mundo-est%C3%A1-mais-chato-1.606650

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.