segunda-feira, 14 outubro 2019
Início / Conteúdo / Manter boa alimentação e hábitos saudáveis é caminho para preservar o coração – Horizontes

Manter boa alimentação e hábitos saudáveis é caminho para preservar o coração – Horizontes

[ad_1]

No próximo sábado (29) é celebrado o Dia Mundial do Coração, data em que se reforça o fato de que a prevenção é o melhor caminho para cuidar do órgão vital. Na campanha de 2018, a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) chama a atenção para a importância da manutenção de uma boa alimentação e hábitos saudáveis.

Para as doenças cardíacas existem os fatores de risco modificáveis (sedentarismo, obesidade e tabagismo) e os não-modificáveis (carga genética e histórico familiar). A medicina preventiva trabalha com o primeiro grupo, a fim de dar subsídios para que a população se conscientize.

“Nosso estilo de vida cada vez mais corrido, buscando refeições rápidas em detrimento de mais nutritivas. Além disso, uma alimentação natural é mais cara e requer tempo para preparo. Baratos são os carboidratos, açúcares e álcool”, expõe André Vale, cardiologista do Check Up do Hermes Pardini.

“Quando o paciente hipertenso consegue reduzir a pressão arterial já é um ganho enorme”

André Vale

Cardiologista do Check Up do Hermes Pardini 

Exames

Parar de fumar, exercitar-se e alimentar-se de maneira saudável são passos certos para manter o coração em dia. Porém, ter uma rotina de exames pode também ajudar na prevenção.

“O primeiro passo é uma boa consulta com um clínico médico ou cardiologista, que irá identificar os exames mais indicados para aquele indivíduo, de acordo com a idade e os fatores de risco”, destaca Vale.

Contudo, alguns corriqueiros são colesterol total, triglicérides, o estudo da função renal com a medição da creatinina, o ácido úrico, além da glicemia em jejum. Afinal, o diabetes é um fator de risco mais acentuado do que o próprio tabagismo. 

“O teste ergométrico também é um exame comum. Submetemos o paciente a um esforço físico e medimos pressão, frequência cardíaca e buscamos alterações no eletrocardiograma. Também, o ecocardiograma, que é um ultrassom do coração”, explica André Vale.

Leia mais:

Rápido atendimento a infartado pode reduzir riscos de danos ao coração

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/manter-boa-alimenta%C3%A7%C3%A3o-e-h%C3%A1bitos-saud%C3%A1veis-%C3%A9-caminho-para-preservar-o-cora%C3%A7%C3%A3o-1.658256

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.