domingo, 17 novembro 2019
Início / Conteúdo / Mano pede Kayzer! – Esporte

Mano pede Kayzer! – Esporte

[ad_1]

A diretoria do Cruzeiro trabalha nos bastidores para resolver duas situações: reforços pontuais visando a próxima temporada e o destino de jogadores que retornam de empréstimo, mas que não estão nos planos do técnico Mano Menezes.

No total, 13 atletas teriam que voltar ao clube estrelado após defenderem outras equipes em 2018. Desses, até agora apenas um deve ser aproveitado: o atacante Renato Kayzer, um dos destaques do Atlético-GO na Série B do Campeonato Brasileiro deste ano.

Em 33 jogos pelo Dragão do Centro-Oeste, Renato Kayzer marcou sete gols e deu duas assistências, números que fizeram a comissão técnica optar por uma “observação participante”, tendo o atacante na Toca da Raposa II no começo do ano que vem.

Na última semana, o vice-presidente de futebol cruzeirense, Itair Machado, confirmou ao Hoje em Dia que Renato Kayzer teria uma chance no grupo de Mano Menezes. Essa mesma informação foi antecipada no programa “Bastidores” da Rádio Itatiaia.

 

ZAGUEIRO

Em relação ao zagueiro Fabrício Bruno, de 22 anos, revelado nas categorias de base, há sim chance de o jovem defensor ser aproveitado no ano que vem. Entretanto, depende da decisão do departamento de futebol da Raposa, que também pode liberar o jogador para um novo empréstimo à Chapecoense, onde ele jogou nas últimas duas temporadas.

“Tive uma reunião com o Itair no dia 24 de dezembro e ele me pediu para aguardar até o fim da semana para abrir uma solução. Temos proposta de novo empréstimo na Chapecoense e outra possibilidade. Mas a gente entende que a sequência na Chapecoense é o que o Fabrício (Bruno) precisa. Fabrício, jogando, com certeza vai atingir grandes clubes”, explicou o empresário Fábio Mello.

Algumas peças que estão na lista de emprestados têm situações pré-definidas. O lateral-esquerdo Bryan, por exemplo, estava no Vitória, mas deve rescindir o contrato para ficar livre e defender outro clube, liberando o Cruzeiro de responsabilidades com salários. O vínculo do jogador, que custou quase R$ 3 milhões aos cofres azuis, termina no meio da próxima temporada.

Pará é outro lateral que não está nos planos e deve atuar no Botafogo-SP, após rescindir um vínculo que terminaria em julho de 2019.

 

DIGÃO E EZEQUIEL

Como moedas de troca, o Cruzeiro deve repassar ao Fluminense o zagueiro Digão, o lateral-direito Ezequiel e o volante Bruno Silva, todos para contar com o volante Jadson, que agrada ao técnico Mano Menezes. Do trio, somente Digão não terminou 2018 na Toca II, já que estava emprestado ao próprio tricolor das Laranjeiras.

Outros atletas que sequer foram aproveitados no Cruzeiro, mas que pertencem ao clube, devem ter a situação definida em breve.

A diretoria do Cruzeiro procura um lateral-esquerdo e um direito, além de um atacante e um meia para reforçar o time na temporada do ano que vem.

Galo tem volta de 18 atletas

Frederico Ribeiro

Do Hoje em Dia


 

A folha salarial do Atlético aumentará a partir de janeiro. Isso porque 17 jogadores emprestados voltam a ser pagos pelo clube. Neste período de janela de transferências alguns estão valorizados, têm propostas, sondagens e podem render grana para os cofres alvinegros.

O principal deles é o lateral-direito Marcos Rocha, campeão brasileiro pelo Palmeiras. Ele é cotado para ser vendido pelo Atlético e o Verdão segue como principal comprador. O Palmeiras oferece 1,5 milhão de euros, mais o empréstimo do atacante Papagaio.

No segundo posto de jogador mais valorizado está o meia-atacante Dodô, campeão da Série B como protagonista do Fortaleza. O agente dele, Hélcio Alisk, adiantou que a tendência é o jogador ser vendido ou emprestado com compensação financeira. No Leão, o lateral Leonan não teve o mesmo destaque e deverá ser repassado a outro clube.

Foi na Segundona que a maioria dos emprestados pelo Galo teve mais chances. Entre os clubes que subiram, o Atlético conseguiu a valorização de Alex Silva, titular do Goiás.

Quem ficou no quase foi a Ponte Preta, que contou com Danilo Barcelos, titular absoluto, Nathan e Hyuri. O primeiro vira ativo pra ser envolvido em outras negociações. Vasco e o Botafogo têm interesse no lateral/volante.

Mais abaixo na tabela da Série B, o zagueiro Matheus Mancini esteve no Londrina e segundo seu agente, Fábio Melo, será reintegrado ao elenco que ganhará o reforço de Réver.

Quem também deverá ser emprestado para outros times são o zagueiro Rodrigão, rebaixado para a Série C com o Boa Esporte, e os laterais Carlos César (se lesionou no Coritiba e voltou mais cedo ao Galo, tem vínculo até julho de 2019) e Mansur (ex-Paraná, contrato até 2020). Por falar no Paraná, de lá voltam Jesiel e Carlos. Ambos revelados no Atlético e o segundo com negociação para romper o contrato e ficar livre no mercado. Um caminho que o atacante Pablo Diogo, ex-Coritiba, também deverá seguir. O jogador comemorou, em 2018, três anos sem fazer um gol.

O volante Ralph, que estava no Criciúma, o atacante Hyuri (Ponte Preta) e o armador Marquinhos Costa (passagem de apenas dois jogos na Chapecoense) são outros ativos sem espaço no Galo. Por outro lado, o atacante Capixaba, após passar sem brilho por América e Chape, se acertou com o Vila Nova-GO.

Otero (Al Wehda), Yago (Al-Qadisiyah) e Clayton (Bahia) seguem com contrato de empréstimo até junho de 2019. Otero será vendido em definitivo.

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://onorte.net/esporte/mano-pede-kayzer-1.682066

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.