terça-feira, 22 outubro 2019
Início / Conteúdo / Justiça determina que vale execute plano de proteção aos animais de Barão de Cocais – Horizontes

Justiça determina que vale execute plano de proteção aos animais de Barão de Cocais – Horizontes

[ad_1]

A Justiça deu um prazo de 24 horas para que a Vale execute um plano de ação que proteja a fauna de Barão de Cocais, na região Central do Estado. A tutela de urgência foi concedida nesta quinta-feira (14), em uma Ação Civil ajuizada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

A empresa deverá ainda localizar, resgatear e cuidar dos animais deixados nas áreas de risco após a evacuação nas comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras. Os moradores precisaram deixar suas casas depois que a consultoria Walm negou a estabilidade da Barragem Sul Superior, que integra o empreendimento minerário Mina Gongo Soco.

Foi determinado ainda que a mineradora forneça comida, água e cuidados veterinários aos animais que aguardam resgate e em caso de descumprimento das medidas a multa diária de R$200 mil.

No dia 8 de janeiro a Vale determinou a evacuação de 500 pessoas das áreas de risco situadas nas comunidades de Socorro, Tabuleiro e Piteiras e segundo o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), os animais foram deixados para trás. 

No mesmo dia, o MPMG expediu uma recomendação  para a empresa executar um plano emergencial que contemple ações de localização, resgate e cuidado dos animais domésticos em virtude de eventual rompimento de barragem no município de Barão de Cocais.

O plano apresentado pela Vale não foi considerado satisfatório pelo MP e nem pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), que emitiu nota técnica recomendando sua alteração, especialmente quanto ao prazo proposto para retirada dos animais.

A reportagem do Hoje em Dia aguarda o posicionamento da Vale sobre a decisão.

Leia mais:

MP quer plano emergencial para resgatar animais em caso de rompimento de barragem em Barão de Cocais

Oito barragens da Vale em Minas podem se romper

Três moradores ainda permanecem em área de risco em Barão de Cocais, diz Defesa Civil

Moradores de área evacuada em Barão de Cocais denunciam falta de assistência da Vale

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/justi%C3%A7a-determina-que-vale-execute-plano-de-prote%C3%A7%C3%A3o-aos-animais-de-bar%C3%A3o-de-cocais-1.694058

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.