terça-feira, 12 novembro 2019
Início / Conteúdo / João de Deus será investigado por suposta relação com venda de pedras falsas – Primeiro Plano

João de Deus será investigado por suposta relação com venda de pedras falsas – Primeiro Plano

[ad_1]

A Polícia Civil e o Ministério Público de Goiás receberam uma denúncia de que o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, pode ter ligação com um negócio de falsas pedras preciosas.

A informação chegou à força-tarefa por meio de uma testemunha, mantida em sigilo, e gerou a abertura de um novo inquérito que deverá ser apurado com mais veemência nas próximas semanas, já que, neste momento, promotores e policiais estão focados na investigação das denúncias de abuso sexual.

Se o caso for realmente verdadeiro, João de Deus pode ter que responder também por suspeita de estelionato. Questionado sobre o assunto em seu depoimento no domingo, o líder religioso negou participação em algum esquema desse tipo.

Ainda assim, João de Deus é conhecido por atuar no ramo do garimpo, extração e lapidação de pedras. Alguns desses cristais são oferecidos, inclusive, a seus seguidores na Casa Dom Inácio de Loyola, onde ele fazia atendimentos espirituais antes de ser preso.

O médium está cumprindo prisão preventiva no Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia (GO) desde domingo, 16, quando se entregou à Polícia. Segundo seus defensores, ele está abatido por ter diversos problemas de saúde e ter dormido num colchão no chão em uma das noites.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/primeiro-plano/jo%C3%A3o-de-deus-ser%C3%A1-investigado-por-suposta-rela%C3%A7%C3%A3o-com-venda-de-pedras-falsas-1.680273

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.