sexta-feira, 22 novembro 2019
Início / Conteúdo / Governo quer tempo de contribuição de 35 anos para militares – Primeiro Plano

Governo quer tempo de contribuição de 35 anos para militares – Primeiro Plano

[ad_1]

O governo quer aumentar o tempo de contribuição dos militares de 30 para 35 anos, disse há pouco o secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho.

O projeto de lei específico para o regime das Forças Armadas será enviado aos parlamentares em até 30 dias. A proposta também englobará a Previdência de policiais militares e de bombeiros, atualmente submetidos a regras especiais dos estados.

Marinho também informou que o governo pretende aumentar a alíquota única dos militares de 7,5% para 10,5%. Segundo ele, a nova alíquota também será cobrada no pagamento das pensões para dependentes de militares, benefício atualmente financiado exclusivamente pelo governo federal.

Um ponto relativo aos militares entrou na proposta de emenda à Constituição. O governo quer que militares temporários – que ficam até oito anos nas Forças Armadas e não prosseguem na carreira militar – contribuam para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Segundo Marinho, os temporários correspondem atualmente a 60% do contingente militar.

Marinho disse esperar apoio dos militares porque as mudanças no regime especial da categoria vêm sendo discutidas há anos. “Essa é uma negociação que segue desde 2015”, declarou.

A proposta de reforma da Previdência, enviada nesta quarta-feira (20) ao Congresso Nacional, está sendo detalhada no Ministério da Economia. Além de Marinho, participam da entrevista o secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho, Bruno Bianco; o secretário de Previdência, Leonardo Rolim, e o secretário adjunto de Previdência, Narlon Gutierre. Também concedem explicações o procurador-geral adjunto de Gestão da Dívida Ativa da União, Cristiano Neuenschwander, e o diretor de Programa da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, Felipe Portela.

Leia mais:

Previdência terá alíquotas progressivas de contribuição

Previdência: Bolsonaro, Alcolumbre e Maia discutem tramitação do texto

Aposentadoria por incapacidade será menor para alguns trabalhadores

Onyx diz que proposta vai receber ajustes e contribuições

Policiais e agentes penitenciários poderão se aposentar aos 55 anos

Trabalhador contribuirá 40 anos para se aposentar com 100% do salário

Líder do MDB diz que reforma será aprovada até 15 de julho

Previdência terá alíquotas progressivas de contribuição

Equipe econômica detalha reforma da Previdência a governadores

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/primeiro-plano/governo-quer-tempo-de-contribui%C3%A7%C3%A3o-de-35-anos-para-militares-1.695340

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.