quarta-feira, 16 outubro 2019
Início / Conteúdo / Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano

Governo propõe salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano

[ad_1]

Pela primeira vez, o valor do salário mínimo ultrapassará R$ 1 mil. O governo propôs salário mínimo de R$ 1.002 para o próximo ano, o que representa alta de 5% em relação ao atual (R$ 954). O valor consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2018, apresentado hoje (12) pelos ministros do Planejamento, Esteves Colnago, e da Fazenda, Eduardo Guardia.

Em 2019, a fórmula atual de reajuste será aplicada pela última vez. Pela regra, o mínimo deve ser corrigido pela inflação do ano anterior medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) mais a variação do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e dos serviços produzidos no país) de dois anos anteriores.

Em 2017, o PIB cresceu 1%. Para a estimativa de inflação, o governo considerou a previsão de 4% para o índice de inflação que consta do Boletim Focus, pesquisa com mais de 100 instituições financeiras divulgada toda semana pelo Banco Central.

A LDO define os parâmetros e as metas fiscais para a elaboração do Orçamento do ano seguinte. Pela legislação, o governo deve enviar o projeto até 15 de abril de cada ano. Caso o Congresso não consiga aprovar a LDO até o fim do semestre, o projeto passa a trancar a pauta.

 

Leia mais:

Mais ricos em Minas têm ganho médio 26 vezes maior que os menos favorecidos

Justiça manda Caixa e BB pagarem abonos do PIS/Pasep não sacados

Abertas inscrições para preencher 80 vagas na Copasa; remuneração chega a R$ 7.964,50


 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/primeiro-plano/governo-prop%C3%B5e-sal%C3%A1rio-m%C3%ADnimo-de-r-1-002-para-o-pr%C3%B3ximo-ano-1.613122

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.