segunda-feira, 21 outubro 2019
Início / Conteúdo / Governo federal oferece ajuda ao Pará depois de mortes em presídio

Governo federal oferece ajuda ao Pará depois de mortes em presídio

[ad_1]

Mais de 24 horas depois da tentativa de fuga que deixou 21 mortos em um presídio na região metropolitana de Belém, o Ministério da Segurança Pública distribuiu nota, na noite desta quarta-feira, 11, informando que o governo federal colocou a Polícia Federal e a Força Nacional à disposição do governo do Pará.

A nota diz ainda que o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, fez a oferta ao governador do Pará, Simão Jatene (PSDB), durante um telefonema. O presidente Michel Temer ainda não se pronunciou sobre o ocorrido no Centro de Recuperação Penitenciário do Pará III, de Santa Izabel do Pará, apesar de ter adotado a segurança pública como uma de suas bandeiras desde a intervenção federal na segurança no Rio de Janeiro, em 16 de fevereiro.

No final da tarde desta quarta-feira, Temer e Jungmann se reuniram no Planalto para discutir a violência no Pará. Fontes do governo destacaram que as investigações e tratativas decorrentes do episódio no Pará estão sendo acompanhadas pela esfera estadual. De acordo com auxiliares do presidente, por não se tratar de um crime federal e ainda não ter sido registrada nenhuma solicitação de ajuda por parte do governador e nem da Justiça estadual, não há o que o governo federal possa fazer.

No mês passado, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) publicou relatório alertando sobre risco de fuga na unidade onde ocorreram as mortes. Entre os problemas de segurança, o órgão apontou “facilidade de resgate com apoio externo”, áreas de “vulnerabilidade” apenas com alambrado e “suspeita da articulação de internos com outras casas penais”.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/primeiro-plano/governo-federal-oferece-ajuda-ao-par%C3%A1-depois-de-mortes-em-pres%C3%ADdio-1.612938

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.