sexta-feira, 15 novembro 2019
Início / Conteúdo / Furacão María matou 50 vezes mais do que o Governo de Porto Rico divulgou

Furacão María matou 50 vezes mais do que o Governo de Porto Rico divulgou

[ad_1]

Andar pelas ruas dos subúrbios de Porto Rico ou pelas estradas das aldeias serranas e costeiras depois do furacão María, que atingiu a ilha em 20 de setembro de 2017, era uma visão constante do abandono mais elementar e da impotência da população. Em meio ao caos nas comunicações e o apagão do sistema elétrico, cidadãos, políticos, militares, jornalistas tateavam no escuro uma realidade que se revelava muito mais grave do que os dados que iam sendo divulgados pelo Governo da ilha, com corpos se acumulando nos necrotérios dos hospitais. Foi preciso passar quase um ano para se confirmar, em números, a dimensão humana da maior tragédia sofrida por esse país em décadas. Acaba de ser publicado o estudo feito pela Universidade George Washington a pedido Governo porto-riquenho e o resultado é devastador: pelo menos 2.995 pessoas morreram em Porto Rico em consequência desse furacão entre a data do impacto e fevereiro de 2018. O cálculo mede as mortes atribuíveis ao furacão em comparação com a média de mortes registradas durante o mesmo período em anos anteriores.

Seguir leyendo.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/08/28/internacional/1535480686_357912.html#?ref=rss&format=simple&link=link

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.