segunda-feira, 14 outubro 2019
Início / Conteúdo / Dívida Atlético/WRV tem acordo 'caminhando' e provável venda de espaço publicitário

Dívida Atlético/WRV tem acordo 'caminhando' e provável venda de espaço publicitário

[ad_1]

Uma das maiores dívidas que o Atlético precisava equalizar será acertada com o credor. O Galo e a WRV fazem ajustes finais num débito milionário que envolvia negociações de Guilherme Alves e Cláudio Caçapa em 2000. As partes devem fechar um acordo na casa dos R$ 45 milhões, segundo informou o site globoesporte.com.

O pagamento de tal dívida será parcelada e envolverá a venda de espaço publicitário na camisa do Atlético. O Galo, ao renovar com a Caixa por mais um ano, recebendo R$ 10 milhões fixos e R$ 3,1 milhões dependendo de conquistas, estampará a marca do banco apenas na frente da camisa, ficando com o espaço acima dos números, nas costas, vago.

O Hoje em Dia entrou em contato com o advogado da WRV, Carlos Alberto Arges, que, por mensagem de celular, afirmou que o “acordo está em andamento”, e, assim, ainda não foi oficializado na Justiça. O processo está na 24ª vara cível de BH.

A WRV cobrava quase R$ 70 milhões de ressarcimento. O presidente do Atlético, Sérgio Sette Câmara, no início do ano, havia informado que tal valor era acima do que o clube mineiro entendia dever. Houve um abatimento do valor nas negociações entre Galo e WRV.

PATROCÍNIO

Com as costas da camisa vazia, na parte superior, o Galo deve ceder tal espaço no acordo com a WRV. A dúvida que surge é como será a composição deste patrocínio. Uma vez que a WRV pertence hoje à DMA Distribuidora, dona do Supermercado EPA.

Poderia surgir um conflito neste caso, já que um dos patrocinadores do Galo é o Supermercados BH, que estampa sua marca na parte inferior das costas das camisas alvinegras, abaixo dos números dos atletas. 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/esportes/d%C3%ADvida-atl%C3%A9tico-wrv-tem-acordo-caminhando-e-prov%C3%A1vel-venda-de-espa%C3%A7o-publicit%C3%A1rio-1.611659

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.