segunda-feira, 21 outubro 2019
Início / Conteúdo / Degradação toma conta do viaduto Chico Ornelas – Montes claros

Degradação toma conta do viaduto Chico Ornelas – Montes claros

[ad_1]

Paredes pichadas, escuridão, muita sujeira e mau cheiro. Esse é o cenário por onde circulam milhares de pedestres, motoristas e motociclistas todos os dias. Importante ligação do Centro da cidade aos bairros Morrinhos, Santa Rita, Cintra e Roxo Verde, o viaduto Chico Ornelas é a imagem do descaso em que se encontra a cidade. A estrutura é alvo de reclamações da população, problema que já chegou à Câmara de Vereadores.

A estrutura também contribui para descongestionar o trânsito da avenida Ovídio de Abreu. Mas tem muita gente com medo de atravessar o local, principalmente à noite.

Clarete Oliveira, de 65 anos, que reside há 60 ao lado do viaduto Chico Ornelas diz que tem que ter cuidado redobrado por manter no prédio um restaurante. “Está escuro demais. É preciso ter um projeto em que a luz fique por cima para clarear lá dentro, porque se colocarem as luzinhas lá embaixo, eles furtam tudo”, alerta a comerciante, argumentando que, em face à falta de segurança, “de vez em quando poderia passar uma viatura, porque muitos estudantes circulam pelo local à noite”.

Segundo o vereador Marlon Xavier (PTC), os problemas do viaduto na rua Melo Viana persistem mesmo diante das frequentes cobranças feitas à Prefeitura de Montes Claros.

O local, enumera o parlamentar, “não tem iluminação, está sujo, com mau cheiro e, o que é mais grave, favorecendo a ação do banditismo”.

Crimes são praticados no local em plena luz do dia. Segundo o vereador, a questão da segurança é tão grave que, “por si só, justificaria uma maior atenção do poder público, porque é uma via de acesso importante, de ligação com os bairros Morrinhos e Cintra”.

Integrantes das igrejas evangélicas que precisam atravessar o viaduto várias vezes por semana “só passam em grupos para não correrem riscos”, enfatiza Marlon.

 

SUJEIRA

O ferroviário aposentado Francisco Valério da Rocha, que trabalhou por 32 anos na Central do Brasil e mora na rua Monte Castelo há 49, disse que o espaço “virou banheiro público”. Ele ressalta que a destruição da parte elétrica também é preocupante.

Francisco conta que passa no viaduto “com as narinas tampadas”, lembrando que, na época das chuvas, surge outro problema: “a água misturada às fezes vem nos joelhos”.

Para José Francisco de Oliveira, de 66 anos, cuja família mora no bairro Morrinhos há mais de 80, é preciso que a comunidade se mobilize para conseguir melhorias no local, “uma vez que o problema persiste há muito”. O comerciante atua há 16 anos no ponto mais movimentado da via de acesso ao bairro. “É preciso iluminar e colocar segurança para não roubarem as coisas. Sem segurança eles roubam tudo”, afirma o morador.

O secretário de Serviços Urbanos, Vinícius Versiani, foi procurado para falar sobre a situação do viaduto Chico Ornelas.

Ele garantiu que “a limpeza é feita, porém ações de vandalismo devem ser punidas pelo poder de polícia”. Quanto aos reparos, disse que “os mesmos serão feitos quando chegarem os materiais” e que a resposta ao vereador Marlon Xavier será feita através de ofício.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://onorte.net/montes-claros/degrada%C3%A7%C3%A3o-toma-conta-do-viaduto-chico-ornelas-1.658477

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.