quarta-feira, 13 novembro 2019
Início / Conteúdo / De Viçosa para o mundo: Haskell exporta cosméticos capilares para oito países – Especial/Publicidade

De Viçosa para o mundo: Haskell exporta cosméticos capilares para oito países – Especial/Publicidade

[ad_1]

Nascida em Viçosa, na Zona da Mata mineira, a indústria de cosméticos capilares Haskell está presente em todos os estados brasileiros, além de ser comercializada no Chile, Portugal, Bélgica, Inglaterra, Espanha, Holanda e em Dubai, nos Emirados Árabes. 

A fábrica permanece no município de origem e conta com 25 mil metros quadrados de pavimentação, produzindo 500 mil quilos de produtos por mês. São empregados 200 funcionários diretos e uma cadeia com mais de 4 mil colaboradores.

A fundadora e atual presidente da empresa, Ana Márcia Teixeira, trabalhou como cabeleireira por 22 anos antes de iniciar a carreira industrial. 

“Minha ideia era fazer xampu para lavar o cabelo de Viçosa inteira e nunca mais comprar um frasco sequer”, lembra a empresária, em tom de brincadeira.

Em 2000, ela começou com uma pequena produção domiciliar. Os itens eram comercializados no próprio salão de beleza onde atuava e também em uma lojinha que montou com esse intuito. Ela os vendia pessoalmente ou por meio de outros estabelecimentos locais. Com o sucesso inicial, passou a fornecê-los “bem timidamente” em municípios vizinhos.

Mais recentemente, em 2016, o negócio alcançou o patamar internacional, chegando a Portugal. “Fomos muito bem recebidos lá, e o fato de o Brasil ser reconhecido por suas belezas naturais favoreceu a inserção de nossos produtos na Europa”, diz Ana Marcia. “Queremos ultrapassar ainda mais fronteiras”, revela a empresária.

Berço 

Segundo a presidente da Haskell, a localização da unidade fabril em Viçosa é estratégica. E a vocação universitária da cidade garante mão de obra qualificada. “Além disso, Minas Gerais abriga a diversidade da flora brasileira e a riqueza de três biomas – mata atlântica, cerrado e caatinga –, o que auxilia na nossa identidade natural”, diz, em referência aos ativos utilizados nos produtos.

Numa demonstração de gratidão ao município, a Haskell apoia o projeto “Pérolas Negras”, desenvolvido em bairros periféricos, com o intuito de trabalhar a autoestima de meninas e tratar questões da biodiversidade brasileira. A marca concede ao grupo cosméticos específicos para cabelos crespos e cacheados.

Há ainda preocupação ambiental com a “terrinha”, por meio de ações como tratamento dos efluentes e preservação da Reserva Legal, onde está a instalação industrial. 

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/mais/especial-publicidade/de-vi%C3%A7osa-para-o-mundo-haskell-exporta-cosm%C3%A9ticos-capilares-para-oito-pa%C3%ADses-1.682505

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.