sábado, 23 novembro 2019
Início / Conteúdo / Crianças ilegais terão exame de saúde nos EUA – Mundo

Crianças ilegais terão exame de saúde nos EUA – Mundo

[ad_1]

Após a morte da segunda criança imigrante sob custódia dos Estados Unidos, o Departamento de Alfândega e Proteção a Fronteiras do país (CBP, na sigla em inglês) anunciou que realizará exames médicos em todas as crianças que cruzaram a fronteira e estão sob sua custódia.

Na terça-feira, dia 25, o guatemalteco de 8 anos Felipe Gómez Alonzo morreu em Alamogordo, no Estado americano do Novo México, após chegar ao país com o pai. O menino apresentou sinais de que estaria doente na segunda-feira e foi levado a um hospital, informou o CBP.

Ele foi diagnosticado com um resfriado comum e recebeu alta. Mais tarde, o quadro se agravou, Felipe começou a apresentar náuseas e vômitos e foi novamente levado ao hospital, onde morreu.

O comissário do CBP Kevin K. McAleenan explicou que o Departamento pode pedir apoio médico de outras agências, entre elas a Guarda Costeira e o Departamento de Defesa dos EUA e afirmou, que até o final deste ano, 25 mil crianças imigrantes terão sido detidas nas instalações dos EUA.

Diante do “imenso fluxo” de famílias migrantes que chegam pela fronteira com o México, o CBP pediu ao Congresso mais fundos, principalmente para destinar à assistência médica.

Felipe saiu com o pai, Agustín, de 47 anos, da cidade de Nenton, na Província de Huehuetenango, região onde se fala o idioma maia Chuj e pouco o espanhol. A maior parte das famílias de Nenton tem origem indígena e sobrevive de plantações de milho e feijão, assim como de dinheiro enviado por parentes que trabalham nos EUA e no México, segundo relatório do governo da Guatemala. A Província de Huehuetenango tem a maior taxa de emigração da Guatemala. (Com agências internacionais).

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/primeiro-plano/mundo/crian%C3%A7as-ilegais-ter%C3%A3o-exame-de-sa%C3%BAde-nos-eua-1.682115

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.