sábado, 16 fevereiro 2019
Início / Conteúdo / Com editoras independentes, ‘Feira Textura’ aproxima livros e consumidores – Almanaque

Com editoras independentes, ‘Feira Textura’ aproxima livros e consumidores – Almanaque

A “Feira Textura – pequena feira de impressões e literatura”, que chega, neste sábado, à sua 9ª edição, nasceu do desejo de fomentar o trabalho de editoras e autores independentes em Belo Horizonte, criando um espaço para que as publicações pudessem ser comercializadas e divulgadas.

Acontecendo quatro vezes ao ano na capital, a feira é uma das iniciativas que se posicionam como alternativa para que as pequenas editoras encontrem espaço no mercado. “Elas acabam sendo um meio de chegar ao consumidor de forma direta”, afirma Wallison Gontijo, sócio-fundador da Impressões de Minas, idealizadora da “Feira Textura”.

A importância deste tipo de contato com o leitor tem justificativa, já que um dos principais desafios enfrentados pelas pequenas editoras é a distribuição dos livros. “É preciso ter uma grande escala e editoras independentes fazem livros com tiragem menores, algumas de 50 exemplares, o que torna impossível distribuir de forma massiva”, argumenta. O dinheiro também é um desafio. “Se você pensar, a editora tem que pagar a gráfica, o autor, a livraria, a distribuição, e o que sobra para produzir é muito pouco e as pequenas não possuem muito dinheiro”, acrescenta.

Diante dessas dificuldades, as próprias editoras defendem a existência desse tipo de feira. “Para pequenas editoras, acaba sendo mais interessante vender diretamente para o consumidor. No caso da ‘Textura’ ainda há a vantagem do baixo custo para participar e do contato direto com o público”, pontua Leida Reis, responsável pela Páginas Editora, uma das participantes da edição deste ano.

Para os leitores, as feiras também são uma boa pedida. “É uma pluralidade que ele não encontra nas livrarias. Tem livros de arte, autores que ainda não são conhecidos do grande público, mas são tão bons quanto e que costumam ficas escondidos nas livrarias”, ressalta Leida.

Rede

Maíra Nassif, criadora da Relicário Edições, outra editora confirmada na 9ª edição da “Textura”, destaca um fator adicional que reforça a importância deste tipo de iniciativa. “As feiras têm criado uma rede interessante entre os próprios editores. O fato de estamos perto proporciona que a gente converse, se conheça e troque informações. Ela cria essa união local também porque a maioria das editoras são mineiras”, salienta. Ela destaca ainda que as feiras permitem que as editoras conheçam potenciais novos autores. “Se chega um escritor interessado, já pegamos o contato e, a partir daí, podemos começar uma conversa”, conta.

Serviço: 9ª edição da Feira Textura, sábado, das 11h às 17h, Agosto Butiquim (rua Esmeralda, 298 – Prado). Entrada gratuita

 


Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/almanaque/com-editoras-independentes-feira-textura-aproxima-livros-e-consumidores-1.693439

Veja também...

Vale define comitê de segurança de barragens e muda composição de outros dois – Primeiro Plano

O conselho de administração da Vale definiu a criação do Comitê Independente de Assessoramento Extraordinário …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: