sexta-feira, 22 novembro 2019
Início / Conteúdo / Chuva frequente deve continuar até segunda e Defesa Civil alerta para tempestades em BH – Cidades

Chuva frequente deve continuar até segunda e Defesa Civil alerta para tempestades em BH – Cidades

[ad_1]

As chuvas que atingem Belo Horizonte há sete dias continua nesta sexta-feira (28) e a Defesa Civil emitiu, nesta manhã, um alerta para tempestades que podem chegar volumes de 50 mm na capital. De acordo com o órgão, os temporais devem vir acompanhados de raios e ventos de até 50 km/h.

A previsão, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), é que as chuvas frequentes da forma como estão continuem até a próxima segunda-feira (31). “Estamos há quatro dias sob a influência de uma zona de convergência que traz umidade da Amazônia para o Sudeste e provoca a nebulosidade e chuvas ocasionais e frequentes, a tendência é que ela comece a se dispersar no domingo e deixe a atmosfera do Estado na segunda”, explicou Cleber Souza, meteorologista do instituto.

Souza ainda afirmou que a partir de terça-feira (1º) as temperaturas devem voltar a subir, o que também pode ocasionar chuva, mas em forma de pancada. “A chuva que temos agora é devido ao sistema que traz umidade, o caso das pancadas de chuva acontece devido ao aquecimento que se junta à alta umidade da atmosfera e ocasiona tempestades com raios e ventos”, diferenciou.

Recomendações

Devido ao alerta de pancadas de chuva na capital para esta sexta-feira, a Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil recomenda evitar áreas de inundação e não trafegar em ruas sujeitas a alagamentos e próximos aos córregos e ribeirões no momento de forte chuva, pois o seu nível pode se alterar rapidamente podendo acarretar transbordamentos.

O órgão ainda adverte para que quem estiver na cidade não se abrigue debaixo de árvores e estacione veículos, pois elas podem cair e ocasionar graves acidentes. Atenção especial também em áreas de encostas e morros.

Outras recomendações:

– Tenha um lugar previsto, seguro, onde você e sua família possam se alojar no caso de uma inundação;

– Limpe o telhado e canaletas de águas para evitar entupimento;

– Retire todo o lixo e leve para áreas não sujeitas a inundações;

– Se você morar ou possuir comércio em áreas sujeitas à inundação coloque seus móveis e estoques em lugares altos;

– Colabore com a abertura de deságues para evitar o estancamento de água, pois pode causar muitos prejuízos, 

principalmente para a saúde;

– Não utilizar alimentos atingidos pela água de enchente ou inundação e nem beber água de enchente ou inundação;

– Não jogar lixo nos bueiros e boca de lobo, nem nos córregos e rios, para não obstruir o escoamento da água;

– Não amontoe sujeira e lixo em lugares inclinados porque eles entopem a saída de água e desestabilizam os terrenos provocando deslizamentos;

– Não deixar crianças brincando na enxurrada ou nas águas dos córregos, pois elas podem ser levadas pela correnteza ou contaminar-se, contraindo graves doenças, como hepatite e leptospirose;

– Não tocar nem usar equipamentos elétricos que tenham sido molhados ou estejam em locais inundados, pois há risco de choque elétrico e curto-circuito;

– Jamais se aproxime de cabos elétricos arrebentados. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199);

– Não coloque lixo nas ruas que seja de fácil propagação com o vento;

– Revise o madeiramento de sua casa;

– Reforce a amarração de seu telhado;

– Desligue os aparelhos elétricos das tomadas e o gás;

– Abaixe para o piso todos os objetos que possam cair, dentro das residências, com o vento forte (exceto em área inundável);

– Se você observar aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e o surgimento de minas d’água avise imediatamente a Defesa Civil;

Em caso de raios, se estiver na rua:

Não permaneça em áreas abertas como campos de futebol, quadras de tênis e estacionamentos;

– Não fique no alto de morros ou no topo de prédios.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/cidades/chuva-frequente-deve-continuar-at%C3%A9-segunda-e-defesa-civil-alerta-para-tempestades-em-bh-1.682395

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.