sábado, 19 outubro 2019
Início / Conteúdo / Bombeiros vão usar drones para ‘resgatar’ foliões passando mal; mil homens vão atuar nos blocos – Horizontes

Bombeiros vão usar drones para ‘resgatar’ foliões passando mal; mil homens vão atuar nos blocos – Horizontes

[ad_1]

Diante da expectativa do Carnaval de BH deste ano receber um total de 4,6 milhões de foliões, o dobro da população da capital mineira, o Corpo de Bombeiros se mobilizou para garantir um efetivo 169% maior do que o de 2018. Se no ano passado a corporação disponibilizou 366 bombeiros para a festa, em 2019 serão 988 militares atuando na festa, sem incluir os que estão nos postos de comando, gerenciamento, entre outros.  

Outra novidade será a utilização de drones para auxiliar no socorro às pessoas passando mal durante os blocos. “Até então usávamos essa tecnologia somente para monitoramento do público, contagem de presentes. Agora, como houve aquisição de novos equipamentos, eles serão usados como uma espécie de ‘bombeiro no ar’, indicando onde devemos fazer a incursão na multidão para atender alguém passando mal, antes mesmo das pessoas do entorno conseguirem acionar os militares”, informou o coronel Anderson Almeida, em entrevista concedida na manhã desta quarta-feira (27), após se reunir com comerciantes na sede da Câmara dos Dirigentes Logistas (CDL-BH);

Ainda de acordo com ele, a corporação contará ainda com cinco postos médicos avançados, nas principais avenidas da cidade, para que a população tenha atendimento imediato, sem precisar se deslocar para algum hospital. 

O coronel esclareceu ainda que os outros serviços não serão afetados. “Nós precisamos replanejar todo o nosso atendimento, temos cidades onde não há tradição de Carnaval e, de lá, recolhemos parte do efetivo para atuar em BH. Com isso, não haverá mudança nos trabalhos de buscas em Brumadinho, por exemplo. Além disso, também teremos efetivo suficiente para atender as chamadas rotineiras, feitas através do 193”, completa o coronel. 

 

Dicas

Ainda de acordo com o coronel, estatisticamente a principal ocorrência atendida pela corporação é por conta do abuso de álcool. “O exagero leva a uma desidratação, ao desmaio, à desorientação que acaba provocando quedas. Depois do álcool, o maior causador é a ação de bandidos”, lembra o militar. 

Aproveitando a oportunidade, o coronel Almeida deu algumas dicas para os foliões evitarem acidentes durante o Carnaval. “A nossa principal dica é que a pessoa se hidrate, mas com água”, brincou o bombeiro. “A orientação é que se beba o dobro de água do que for consumir de álcool. Pedimos que as pessoas estejam bem alimentadas para participar da brincadeira. E, principalmente, nunca dirija se tiver consumido bebida alcoólica. Temos vários serviços de transporte disponíveis justamente para evitar isso”, conclui. 

Leia mais:

Reforço em balneários e parceria com o Samu são ações do Corpo de Bombeiros no Carnaval

Combate à importunação sexual será ferrenha no Carnaval, segundo PM; polícias divulgam ações

Guarda Municipal tem frota aumentada e renovada em BH

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/bombeiros-v%C3%A3o-usar-drones-para-resgatar-foli%C3%B5es-passando-mal-mil-homens-v%C3%A3o-atuar-nos-blocos-1.697020

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.