segunda-feira, 14 outubro 2019
Início / Conteúdo / Bem à vontade: fluidez e conforto são palavras-chave para os ‘novos’ vestidos de noiva – Plural

Bem à vontade: fluidez e conforto são palavras-chave para os ‘novos’ vestidos de noiva – Plural

[ad_1]

A mudança na natureza dos casamentos, em que ganham força as celebrações diurnas e em ambientes abertos, tem refletido diretamente nas escolhas dos vestidos de noivas. O traje para o dia do “sim”, de acordo com os estilistas, é influenciado, ainda, pelos caminhos seguidos pelas celebridades nos próprios enlaces, divulgados de forma abundante nas redes sociais.

Atualmente, a ordem é ter conforto, especialmente quando se fala do novo mês das noivas, o primaveril setembro. 

Segundo a plataforma online de serviços de casamento iCasei, mais de 13% de todas as uniões em 2017 foram seladas no nono mês do ano. Maio ficou em 7º lugar na preferência dos noivos. Os motivos apontados são o clima mais ameno – nem quente e nem frio, ideal para cerimônias em locais abertos –, natureza verdejante e a proximidade do recebimento do 13º salário.

No quesito vestido, o comfy é traduzido em menos peso nos tecidos e mais fluidez nas formas. “Acho que descontração é a palavra do momento. Os vestidos estão mais leves, menos bordados. Uma fala de todas é que querem estar confortáveis para aproveitar a festa”, conta a estilista Maria Paula Guimarães, do By Paula Alta Costura, ateliê localizado no bairro Sion, região Centro-Sul de BH. Ela revela que, de 10 mulheres que a procuram, oito se casarão de dia.

Ainda como tendência, cores discretamente aparecem sob o branco ou o off-white da primeira camada do vestido, acrescenta Maria Paula. “Os forros têm variado entre os nudes para bege e tons de rosa, o vestido fica quase colorido. Além disso, posso destacar o tule de pois, que está em alta, os decotes nas costas e as rendas, que são sempre pedidas”, coloca.

Flávio Tavares

Giulliano Oliva

As celebrações noturnas pedem mais brilho, bordados e requinte, a exemplo da criação de Giulliano Oliva

Consultoria

Com os casamentos noturnos em queda e a busca por celebrações em almoços ou à tarde em sítios, praias e mesmo espaços para festas ao ar livre, os vestidos estão mais orgânicos, acredita o estilista Giulliano Oliva, proprietário de ateliê homônimo no Santo Agostinho, também Centro-Sul da capital.

“As noivas de hoje têm uma nova natureza, estão mais alternativas, querem lugares inusitados e muita leveza. Quando as pessoas mais notáveis começam a usar, a fazer, existe uma influência direta nos vestidos, na moda, e é bem rápida”, explica.

Reprodução/Instagram

Camila Queiroz

Vestidos de famosas como Camila Queiroz são referência usada por noivas

Conforme Giulliano, é preciso atuar com perfil de consultoria ao atender uma noiva. Entender quais as histórias por trás das referências levadas até o estilista, as citações que fazem sobre as redes sociais. “Precisamos ter uma interpretação muito singular do que cada uma quer. Entrar nessa vibe junto com elas, trocar ideias e experiências”, diz o estilista.

Para o expert em noivas, um visual harmonioso exige algumas observações. “Vestido, buquê, cabelo e acessórios devem estar dentro das características físicas de cada noiva e de acordo com a personalidade dela. A primeira coisa é o caimento perfeito. Depois, a escolha de bons materiais, como as rendas. No fim, devemos olhar para a pessoa e entender o conceito, a mensagem que ela quer passar”, descreve Giulliano Oliva.

Flávio Tavares

Giulliano Oliva

“Pergunto se há alguma preferência, uma história por trás das referências, mas sempre tem um toque do estilista”, revela Giulliano Oliva

Leia mais no nosso Especial Noivas:

Pura essência: maquiagens e cabelos naturais são a pedida da vez para os casórios

Noivas modernas não querem só panelas na festa pré-casamento; é preciso evitar exageros

Jardim nas mãos: errar na escolha do buquê de flores pode tirar o brilho da noiva

Com a cara dos noivos: escolha das alianças deve levar em conta história e sintonia do casal

Madrinhas também pedem leveza na hora de escolher o traje para a cerimônia

O convite para amadrinhar um casamento contém, além da emoção, a dúvida do que vestir na cerimônia. Ter o cuidado para não parecer a noiva, ou seja, evitar vestidos brancos ou off-white, é a regra primordial.

Além dessa, crucial é verificar o horário e o local da celebração, revela a diretora comercial da grife mineira Kalandra, Ana Flávia Castro. “Para de manhã, indico os mais fluidos, lisos ou estampados e, para a noite, um modelo mais suntuoso, com brilho ou bordado”, diz.

Ana Flávia aponta que a transição dos casamentos para o dia também trouxe influência para as escolhas das madrinhas. “Os tecidos encorpados ainda são procurados, mas as mulheres parecem ter cansado dos vestidos mais justos e optam pelo conforto, com mais fluidez e leveza nas formas”, explica.

Quem confirma a tendência é uma das diretoras-criativas da Arte Sacra, Carolina Malloy. “Os fluidos estão em uma tendência de desejo maior. Os fluidos com bordados, também. A alfaiataria e os tecidos encorpados têm o seu lugar, mas esses primeiros são os mais desejados no momento”, descreve.

Irmã de Carolina e também criativa da grife, Marcela Malloy, informa que a marca inclusive possui linhas separadas das peças voltadas para casamento. 

“Temos a linha Beach Couture, que é o casamento na praia, que tem mais leveza, fluidez, que não exige bordado. Já as linhas Bold e Shine Glam exigem mais bordado, brilho, para dress codes mais de gala”, coloca.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/plural/bem-%C3%A0-vontade-fluidez-e-conforto-s%C3%A3o-palavras-chave-para-os-novos-vestidos-de-noiva-1.657823

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.