segunda-feira, 22 abril 2019
Início / Conteúdo / Avião cai na Etiópia e deixa 157 pessoas mortas | Internacional

Avião cai na Etiópia e deixa 157 pessoas mortas | Internacional

[ad_1]

Um avião de passageiros com 157 pessoas a bordo (149 passageiros e oito tripulantes, segundo uma estimativa de Ethiopian Airlines, a companhia que opera o voo) caiu neste domingo pouco depois de decolar da capital de Etiópia, Adis Abeba, como destino à capital do Quênia, Nairóbi.  Segundo a TV estatal  etíope, não há sobreviventes. Entre as vítimas, havia pessoas de 33 nacionalidades diferentes.

O avião do voo ET302, um Boeing 737-800 MAX, desapareceu do radar seis minutos depois de decolar da capital etíope, por volta das 8h40 do horário local (2h40 em Brasília). O acidente ocorreu no localidade de Bishoftu, a cerca de 50 quilômetros ao sul de Adis Abeba. A companhia informa, ainda, que os trabalhos de resgate estão em andamento. A previsão era de que o voo chegasse por volta de 10h30 do horário local no aeroporto internacional de Nairobi Jomo Kenyatta.

O primeiro-ministro de Etiópia, Abiy Ahmed, transmitiu suas condolências por meio de sua conta no Twitter. “O escritório do primeiro-ministro, em nome do Governo e do povo de Etiópia, quer expressar suas mais profundas condolências às famílias que perderam a seus seres queridos no Ethiopian Airlines Boeing 737 em Nairóbi, Quênia, nesta manhã”, disse.


Um caminhão de bombeiros dirige-se ao local onde se tem estrelado a aeronave, ao sul de Adís Abeba.



ampliar foto
Um caminhão de bombeiros dirige-se ao local onde se tem estrelado a aeronave, ao sul de Adís Abeba. REUTERS

Em 2010, outro voo da companhia, de propriedade estatal, que partia de Beirute (Líbano) em direção a Adís Abeba, foi sequestrado e caiu no mar Mediterrâneo com 90 pessoas a bordo, sem deixar sobreviventes. Em 1996, outro voo caiu no mar por falta de combustível após ter sido sequestrado. Sobreviveram 52 de seus 172 ocupantes. A aeronave partia de Adís Abeba com destino final a Abiyán (Costa de Marfim), com escalas em Nairóbi, Brazzaville (Congo) e Lagos (Nigéria).

O tipo de avião que caiu hoje é o mesmo que o da companhia indonésia Lion Air que caiu no mar em outubro do ano passado, 13 minutos após ter decolado da capital indonésia, Jacarta, deixando 189 mortos.



[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://brasil.elpais.com/brasil/2019/03/10/internacional/1552207204_526168.html#?ref=rss&format=simple&link=link

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.