terça-feira, 15 outubro 2019
Início / Conteúdo / Atlético passa em branco tendo 'pratas da casa' numa zaga inédita de 2018: Gabriel e Bremer

Atlético passa em branco tendo 'pratas da casa' numa zaga inédita de 2018: Gabriel e Bremer

[ad_1]

Não foi por falta de tentativa do adversário que o Atlético conseguiu mais uma partida na temporada sem sofrer gols. O goleiro Victor deixou sua rede intacta diante do Ferroviário-CE, nesta quarta (4), e teve a colaboração de uma dupla formada em casa pelo Galo.

Bremer e Gabriel foram os dois zagueiros titulares do técnico Thiago Larghi no triunfo que coloca o Atlético bem próximo das oitavas de final da Copa do Brasil. Gabriel, titular contumaz da equipe, ganhou o reforço do também “prata da casa” por uma junção de fatores.

Primeiro que o Atlético escolheu poupar cinco titulares visando o duelo decisvo do Estadual no próximo domingo, contra o Cruzeiro. Entre eles estava o capitão Léo Silva. O reserva imediato da zaga é Iago Maidana, que está afastado da equipe pode ter tomado medicamento para otite que poderia configurar em doping

Bremer deu conta do trabalho e se saiu bem na goleada para galgar mais espaços na zaga do Atlético. A posição tem forte concorrência, com Matheus Mancini e Felipe Santana brigando por vaga. 

O Atlético-MG contou com zaga criada nas categorias de base do clube na goleada por 4 a 0 sobre o Ferroviário-CE. Isso porque Gabriel e Bremer formaram a dupla titular na partida. E, após triunfo no Independência, na última quarta-feira, os atletas exaltaram parceria no duelo e elenco atleticano.

“Foi uma grande vitória, um resultado muito bom e que nos deixa com uma vantagem para o jogo da volta. Apesar da goleada, não podemos entrar achando que já está ganho, temos que ter humildade, pé no chão e trabalhar para conseguirmos um bom resultado lá também”, disse Bremer.

Gabriel foi revelado pelo Atlético em 2014, e hoje tem 23 anos. Está perto do 100º jogo pelo Atlético. Já Bremer chegou da base do São Paulo ao Galo, se destacou no sub-20 e foi uma das revelações do ano passado. Natural da Bahia, ele fez 21 anos no mês passado. São 17 jogos no time profissional. Ele não atuava desde a derrota para o Villa Nova na terceira rodada do Mineiro 2018.

“Fico muito feliz de ter atuado como titular na partida de ontem, ainda mais em um torneio tão grande e com uma visibilidade imensa como a Copa do Brasil. O Gabriel me ajudou bastante também, é um zagueiro novo, mas que tem muita experiência, já tínhamos jogados juntos algumas vezes e sempre que atuamos, aprendo muito com ele” 

RETROSPECTO

Gabriel e Bremer já haviam atuado juntos no ano passado. Formaram a zaga em alguns jogos importantes, mas que não sairam de acordo com o planejado, como as derrotas para o Jorge Wilstermann e o Botafogo, na eliminação do Galo da Libertadores e da Copa do Brasil. 

Mas a goleada diante do Ferroviário ajudou a melhorar o retrospecto defensivo com os “pratas da casa” no miolo de zaga. Agora são 7 jogos de Gabriel e Bremer juntos, com nove gols marcados. 

“O Bremer é um jogador de muita qualidade e mostrou isso fazendo uma grande partida. Isso mostra a força do nosso grupo. Ontem alguns jogadores não atuaram, mas quem entrou deu conta do recado e conseguimos o resultado positivo”, completou Gabriel.

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/esportes/atl%C3%A9tico-passa-em-branco-tendo-pratas-da-casa-numa-zaga-in%C3%A9dita-de-2018-gabriel-e-bremer-1.611272

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.