sexta-feira, 22 novembro 2019
Início / Conteúdo / Após perder direito ao trabalho na Apac, goleiro Bruno será transferido para a Nelson Hungria – Horizontes

Após perder direito ao trabalho na Apac, goleiro Bruno será transferido para a Nelson Hungria – Horizontes

[ad_1]

Nos próximos dias, o goleiro Bruno Fernandes, preso desde 2010 pela morte da ex-amante Elisa Samudio, será transferido para o Complexo Penitenciário Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Até então ele cumpria parte da sua pena na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em Varginha, no Sul de Minas, onde recentemente perdeu o direito de exercer trabalhos externos devido a uma falta grave que cometeu. 

O detento utilizava um telefone celular para marcar encontro com mulheres nas dependências da Apac. O encontro aconteceu no dia 18 de outubro do ano passado e foi registrado pelas câmeras de uma emissora de TV. 

A decisão expedida no dia 11 deste mês informa que “a conduta do reeducando revela ousadia e desrespeito das regras da execução da pena”, e ainda discorre sobre os fundamentos do benefício de trabalho externo para os detentos como forma de se descontar os dias da pena, prática nomeada como “remição”.

“A fruição do benefício da remição está condicionada ao bom comportamento carcerário, representando um verdadeiro estímulo à manutenção da boa conduta, na convicção de que, do contrário, parte daquele período de tempo remido será desconsiderado, estimulando, assim, a disciplina e o respeito no cumprimento da pena”. 

Isso significa que o goleiro, além da transferência, também perde um sexto dos dias remidos. Para cada três dias trabalhados, um dia de pena é descontado. Os dias perdidos com a punição são aqueles anteriores à falta. 

Procurada pela reportagem, a Secretaria de Estado de Administração Prisional e Segurança Pública, informou que foi notificada nesta quarta-feira (27) sobre a decisão. “A Secretaria informa que está em tratativas para a realização deste procedimento, que deve ocorrer nos próximos dias. Por questões de segurança, não é possível informar detalhes de transferência de presos, como datas e horários”, conclui a nota. 

Até então, o goleiro já cumpriu oito anos, cinco meses e três dias de detenção. Com isso, ainda faltam 12 anos, três meses e 27 dias para concluir a pena. Ao todo, ele remiu 601 dias. 

Leia mais:

Goleiro Bruno é condenado por falta grave e perde direito de trabalhar fora da prisão

Goleiro Bruno é inocentado em caso de vídeo com mulheres

‘Macarrão’ consegue livramento condicional e pedirá perdão da pena por matar Eliza Samudio

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/horizontes/ap%C3%B3s-perder-direito-ao-trabalho-na-apac-goleiro-bruno-ser%C3%A1-transferido-para-a-nelson-hungria-1.697063

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.