segunda-feira, 14 outubro 2019
Início / Conteúdo / Após ordem de prisão de Lula, Frente Brasil Popular promove ato nesta sexta-feira em BH

Após ordem de prisão de Lula, Frente Brasil Popular promove ato nesta sexta-feira em BH

[ad_1]

Menos de 20 horas depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) rejeitar, por 6 votos a 5, o pedido de habeas corpus preventivo para evitar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o juiz federal Sérgio Moro determinou na tarde de ontem que o petista se apresente voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba, até as 17 h de hoje. A expedição da ordem de prisão levou petistas e movimentos sociais a pedirem resistência.

Em Belo Horizonte, a Frente Brasil Popular, formada por entidades como CUT, MST, UNE e os partidos PT e PCdoB, realiza hoje, às 10 h, na Praça 7, um ato de apoio ao ex-presidente Lula.

O petista foi condenado a 12 anos e um mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do caso tríplex do Guarujá. Na madrugada de ontem, Lula sofreu revés no STF, que negou habeas corpus preventivo movido pelo petista para poder recorrer em liberdade até a última instância contra a sentença na “Lava Jato”.

Para o deputado Patrus Ananias, que se encontra em Brasília, o país passa por uma grave situação que compromete o estado democrático de direito. “Vivemos um golpe como os de 1964 e 1968, com a diferença de não ter tropas na rua” , enfatizou.

Patrus afirmou ainda que ficou surpreso com a pressa com que os ministros do STF julgaram e condenaram Lula, “pressionados principalmente pelos meios de comunicação”.

Ordem de prisão

“Relativamente ao condenado e ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, concedo-lhe, em atenção à dignidade cargo que ocupou, a oportunidade de apresentar-se voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba até as 17:00 do dia 06/04/2018, quando deverá ser cumprido o mandado de prisão”, informou ontem o juiz Sérgio Moro, na ordem de prisão.

Moro também proibiu o uso de algemas em Lula. “Esclareça-se que, em razão da dignidade do cargo ocupado, foi previamente preparada uma sala reservada, espécie de Sala de Estado Maior, na própria Superintendência da Polícia Federal, para o início do cumprimento da pena, e na qual o ex-presidente ficará separado dos demais presos, sem qualquer risco para a integridade moral ou física”, escreveu.

O magistrado ainda indicou que “os detalhes da apresentação deverão ser combinados com a Defesa diretamente com o Delegado da Polícia Federal Maurício Valeixo, também Superintendente da Polícia Federal no Paraná”.

Defesa

Em nota, o criminalista José Roberto Batochio, defensor de Lula, afirmou: “Como o processo não terminou no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4) essa providência da decretação da prisão, esse açodamento na decretação da prisão do ex-presidente configura a mais rematada expressão do arbítrio no século XXI”.

Vigília

O PT convocou militantes para uma vigília permanente em favor de Lula em São Bernardo do Campo, onde ele mora, e ainda insiste numa pressão à presidente STF, ministra Cármen Lúcia, para que ela paute as ações sobre prisão após segunda instância.

Com agências

 

 

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
http://hojeemdia.com.br/primeiro-plano/ap%C3%B3s-ordem-de-pris%C3%A3o-de-lula-frente-brasil-popular-promove-ato-nesta-sexta-feira-em-bh-1.611368

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.