sexta-feira, 18 outubro 2019
Início / Conteúdo / Após críticas, conselho revoga resolução que permitia consultas online

Após críticas, conselho revoga resolução que permitia consultas online

[ad_1]

O Conselho Federal de Medicina revogou a resolução que regulamenta a prática de telemedicina no País. A medida ocorre depois de uma série de críticas de conselhos regionais, que consideraram o texto pouco claro e, sobretudo, um risco para a relação médico-paciente e para a qualidade do atendimento.

Entidades apontaram ainda a falta de debate sobre a normatização. Anunciada no início de fevereiro, a regra permitiria que pacientes em regiões mais afastadas do País tivessem a primeira consulta médica a distância, desde que acompanhados de um outro profissional de saúde, como auxiliar de enfermagem.

No caso de moradores de centros urbanos, as consultas a distância poderiam ser feitas apenas em retornos e sempre intercaladas com outras consultas presenciais. Diante das queixas, o Conselho Federal de Medicina abriu uma consulta para que sugestões fossem encaminhadas.

A ideia inicial era manter o cronograma e não revogar a resolução. Mas, diante do alto número de sugestões, a autarquia voltou atrás e decidiu revogar a norma, que deveria entrar em vigor 90 dias depois da publicação no Diário Oficial da União. Além de consultas, a regra permitia triagem, cirurgias e exames feitos a distância.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.otempo.com.br/capa/brasil/ap%C3%B3s-cr%C3%ADticas-conselho-revoga-resolu%C3%A7%C3%A3o-que-permitia-consultas-online-1.2140115

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.