segunda-feira, 11 novembro 2019
Início / Capa / Anastasia calcula ter apoio de 70% dos prefeitos de Minas Gerais

Anastasia calcula ter apoio de 70% dos prefeitos de Minas Gerais

Anastasia calcula ter apoio de 70% dos prefeitos de Minas Gerais

O candidato ao governo disse que 600 prefeitos estão ao seu lado nas eleições. Com a crise financeira do estado, ele vai focar a campanha nos municípios

Com o estado em crise e prefeituras sofrendo com atraso no repasse de recursos, o candidato ao governo de Minas da coligação “Reconstruir Minas”, o senador Antonio Anastasia (PSDB), vai focar sua campanha nos municípios e calcula já ter o apoio de 70% dos prefeitos em Minas.

“Estimo que dos 853 prefeitos de Minas Gerais, devemos ter pelo menos hoje o apoio de 600. Temos apoio expressivo de prefeitos que estão contrários ao governo do estado”, afirmou.

Anastasia se encontrou nesta quarta-feira com cerca de 40 prefeitos, a maioria da Zona da Mata e do Campo das Vertentes, no diretório de seu companheiro de chapa, o deputado federal Rodrigo Pacheco, que disputa uma vaga ao Senado. A reunião foi a portas fechadas.

“Acho que vai chegar a um número muito maior quando a campanha se avolumar, porque é difícil hoje encontrar um prefeito que apoie o governo. Até os do PT estão apresentando críticas”, disse Anastasia.

Segundo ele, o único comprometimento foi de garantir “o básico”. “Não tenho feito nenhum promessa nessa campanha. As pessoas sabem que não há condição de fazer nenhuma promessa. A não ser uma de muito trabalho e muita dedicação. Os prefeitos estão pedindo o básico, e pretendo fazê-lo”, afirma.

Nesta terça-feira, os chefes do Executivo municipal participaram de protesto contra o atraso dos repasses pelo governo de Fernando Pimentel (PT), que sancionou lei que garante cerca de R$ 1 bilhão aos municípios. A dívida é calculada em R$ 8,1 bilhões pela Associação Mineira dos Municípios (AMM).

O presidente da entidade, Julvan Lacerda (MDB), estava presente no encontro de prefeitos com Anastasia, que ocorreu no mesmo horário em que o MDB definia sua candidatura ao governo de Minas. Ele justificou que foi convidado por Rodrigo Lopes, também do MDB, e desconhecia que se tratava de evento da campanha de Anastasia. “Estou conhecendo as candidauras, ainda não sei quem vou apoiar”, disse Julvan, reforçando que a entidade é apartidária.

Apoio de Marcio Lacerda

O senador Antonio Anastasia afirmou que ainda não procurou o ex-prefeito Marcio Lacerda, que desistiu da candidatura ao governo nem partidos que compunham a sua base, mas que ficará satisfeito se tiver seu apoio. “Sempre tive relacionamento pessoal muito próximo com Lacerda e isso continua. Fiquei muito assustado com tudo. Agora é saber se terão ou não candidato ao governo”, afirma.

Sobre a pesquisa Datafolha, em que aparece em primeiro lugar nas intenções de voto, o candidato disse que o resultado “dá mais responsabilidade” e considerou “dentro do normal” a rejeição de 26%.

Com informações do Estado de Minas.

Veja também...

Clima de deserto; calor em Minas Gerais bate recorde

O tempo seco bate recorde em Belo Horizonte, o clima de deserto domina regiões do estado e o fantasma …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.