quinta-feira, 21 novembro 2019
Início / Conteúdo / Abadiânia tem 150 demissões após denúncias contra João de Deus, diz prefeito – Primeiro Plano

Abadiânia tem 150 demissões após denúncias contra João de Deus, diz prefeito – Primeiro Plano

[ad_1]

Desde as denúncias de abuso sexual contra João de Deus vieram à tona, pelo menos 150 pessoas foram demitidas de pousadas localizadas nas proximidades no centro de atendimento, afirmou o prefeito de Abadiânia, José Aparecido Alves Diniz (PSD). “O levantamento ainda não terminou. Mas já identificamos essas demissões. Como o comércio é muito frágil, ao menor sinal de desaquecimento, as pessoas são dispensadas”, disse.

Na terça-feira, 18, o prefeito entrou em contato com o governador eleito de Goiás, Ronaldo Caiado e do governador eleito do Distrito Federal, Ibaneis Rocha. “Se atrairmos indústria para região, o impacto pode ser amenizado.”

Nesta quarta, menos de 200 pessoas procuraram a Casa Dom Inácio de Loyola, onde João de Deus faz os atendimentos. Isso representa cerca de 15% do movimento tradicional. Para atrair clientela cada vez mais escassa, lojas já começam a anunciar promoções.

[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://www.hojeemdia.com.br/primeiro-plano/abadi%C3%A2nia-tem-150-demiss%C3%B5es-ap%C3%B3s-den%C3%BAncias-contra-jo%C3%A3o-de-deus-diz-prefeito-1.680468

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.