terça-feira, 21 maio 2019
Início / Conteúdo / NASA dá por encerrada a missão do ‘Opportunity’, o robô que desbravou Marte | Ciência

NASA dá por encerrada a missão do ‘Opportunity’, o robô que desbravou Marte | Ciência

[ad_1]

A NASA anunciou nesta quarta-feira que seus esforços para estabelecer contato com o robô Opportunity em Marte não tiveram sucesso, o que significa o final de uma das mais bem sucedidas missões já enviadas ao planeta vermelho.

“Não conseguimos contatar o Opportunity. Com profundo carinho e gratidão, declaramos que sua missão terminou”, disse Thomas Zurbuchen, administrador-associado da agência espacial dos EUA.

O robô Opportunity chegou a Marte em 2004, três semanas depois de outro veículo idêntico, chamado Spirit, destinado ao lado oposto do planeta. Sua missão deveria durar três meses, mas acabou se prolongado por 15 anos. Durante esse tempo, o Opportunity realizou manobras que nunca haviam sido tentadas, como subir até a beira da cratera Victoria, lançar-se no seu interior e conseguir sair de novo em 2008, ou ficar atolado na areia e conseguir se safar graças a movimentos que os engenheiros na Terra ensaiaram usando uma réplica exata do veículo. O Opportunity e o Spirit pertencem a uma classe ligeira de jipes marcianos, com um peso de 180 quilos, 1,5 metro de comprimento e alimentados por painéis solares. Seu sucessor, o Curiosity, pesa quase uma tonelada e tem um motor alimentado por plutônio.

O 'Opportunity', o ponto brilhante no centro do quadro, em sua atual posição no vale da Perseverança, em Marte.


O ‘Opportunity’, o ponto brilhante no centro do quadro, em sua atual posição no vale da Perseverança, em Marte.

Uma das maiores contribuições do Oppy foi encontrar alguns compostos químicos nas rochas marcianas que demonstram que o planeta já abrigou grandes massas de água, onde alguma vida poderia ter surgido. Em maio do ano passado, uma grande tempestade nublou o céu sobre o Opportunity, o que o impediu de seguir adiante, já que seus painéis solares não conseguiam captar energia suficiente. O último sinal do robô foi enviado em 10 de junho de 2018. Desde então, a NASA fez mais de mil tentativas frustradas de recuperação segundo John Callas, responsável pela missão. “Supunha-se que tínhamos que chegar ao ponto final da missão em algum momento, mas nunca esperamos que durasse tanto tempo”, ressaltou.

É algo que já aconteceu com seu gêmeo Spirit em 2010. O Opportunity entra para a história dessa forma como o robô que mais tempo esteve em operação na superfície de Marte.

Uma réplica do ‘Opportunity’, à esquerda, junto a outras dos robôs ‘Pathfinder’ (abaixo) e ‘Curiosity’ (direita).


Uma réplica do ‘Opportunity’, à esquerda, junto a outras dos robôs ‘Pathfinder’ (abaixo) e ‘Curiosity’ (direita).
[ad_2]
Click aqui e acesse o artigo original
https://brasil.elpais.com/brasil/2019/02/13/ciencia/1550082547_731433.html#?ref=rss&format=simple&link=link

Veja também...

Brasil continuará incomodando países concorrentes no agronegócio, diz ministra – Economia

[ad_1] A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse nesta segunda-feira, 11, em Não-me-Toque (RS), onde …

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.